sexta-feira, 18 de abril de 2014

Polícia em ação em Pontal

No dia 12/04/2014, um adolescente foi apreendido com 35,50gr de Maconha em abordagem de rotina no Balneário de Pontal do Sul, encaminhado a D.P. de Ipanema, após terminado o boletim, a mãe do adolescente chega e ela diz que o filho ganhou a droga de um amigo da família, deslocado então com a genitora que leva a equipe até o endereço do fornecedor. No local foi preso um homem, a esposa dele tentou impedir a entrada da equipe, mas, não logrou êxito, em buscas foram localizadas em locais diferentes a quantia de 127,30 gramas de Maconha e dinheiro, também foram apreendidos celulares, o preso foi encaminhado a D.P. de Ipanema, onde foi feito o flagrante por Tráfico de Drogas.

No dia 13/04/2014, no Balneário de Ipanema, de acordo com informações, um homem passou a rondar a casa da ex-mulher na tarde de domingo, onde este homem foi interpelado pelo ex-cunhado que foi tirar satisfação sobre a presença dele no local. Armado com pistola, este homem então passou a efetuar disparos, foram cerca de três disparos contra o ex-cunhado, a ex-esposa e também contra a ex-cunhada, errando os tiros. Dois deles acertaram um veículo, sendo que um dos projéteis ricocheteou, acertando o vizinho da ex-mulher que foi medicado e encaminhado a Curitiba. Neste momento ele fugiu, algumas horas depois, com as denúncias repassadas para a Central 190, com qual veículo ele se evadiu, o mesmo foi encontrado pela equipe da PM, no Balneário de Canoas, onde foi abordado e em busca ao veículo, dentro de um compartimento, foi encontrada a Pistola, cal 7.65, com numeração suprimida, com 07 munições intactas. Após este homem ser preso e entregue à D.P, de Ipanema, lá aproveitando a distração dos Plantonistas da Polícia Civil, ele fugiu do local, sendo alcançado pelos mesmos Policiais Militares que o prenderam anteriormente e entregue novamente aos Plantonistas.

Na noite do dia 15/04/2014 a equipe RPA em patrulhamento, pelo Balneário de Shangri-lá deparou-se com um indivíduo transitando pelas proximidades do mercado Costa e este ao ver a viatura tentou empreender fuga, sendo seguido e detido logo em seguida, em busca pessoal, foi localizado com ele 5 pedras de crack embaladas prontas para venda, a importância de R$ 195,00 em notas trocadas e 02 celulares, diante da situação, dado voz de prisão e em seguida a equipe deslocou até a residência em que ele estava morando juntamente com outro rapaz denunciado como traficante e que segundo denúncias na residência poderia ter armas também, pois tanto um como o outro, já foram vistos portando armas de fogo, no local foram abordados três pessoas, uma delas o proprietário da casa, mais um homem e um adolescente, feita a busca pessoal neles, nada de ilícito encontrado, começando assim a vistoria no imóvel, e logo em seguida foi localizado escondido no caixilho da porta do banheiro um invólucro contendo 20 pedras de crack, também foi encontrado 01 grama de maconha em cima de uma mesa, 02 aparelhos celulares, 01 bateria de carro sem procedência e 01 pote de fermento royal, contendo um pó de cor branca, foi constatado que o pó não era fermento e sim, Cocaína. Foi apreendido a importância de R$ 54,00, ainda em buscas, foram localizadas 10 folhas de cheques em nome de terceiros, em consulta ao Copom, foi constatado que as folhas de cheques foram furtadas em junho do ano de 2013. Perguntado então ao dono da casa sobre a droga localizada em sua residência, ele disse que "não sabia da existência dela", diante dos fatos foi dado voz de prisão aos dois maiores e o adolescente foi apreendido e encaminhado a D.P. de Ipanema, juntamente com toda a droga, dinheiro, objetos apreendidos. Vale ressaltar que, este primeiro indivíduo que foi preso, que tentou empreender fuga, já haviam várias denúncias contra ele como traficante de Shangri-lá, onde já havia sido preso por esse artigo, o irmão está preso também por tráfico de drogas e que o ano passado, este mesmo irmão fugiu da penitenciária de Piraquara, mas foi recapturado também em Shangri-lá pela Polícia Militar de Pontal.

Já na manhã do dia 16/04/2014, esta mesma equipe da PM, quase em término de turno, recapturou um foragido da justiça no Balneário de Santa Terezinha. A equipe em patrulhamento, por volta das 06:30hs, avistou um indivíduo em atitude suspeita, foi realizada a abordagem, nada de ilícito foi encontrado com ele, primeiramente ele se identificou com um nome, em consulta nesse nome não dava cadastro, mas pelo nome de mãe que ele estava fornecendo, havia como filho um homem de nome que estaria evadido da penitenciária, diante das características repassadas pelo rádio operador, foi constatado que a pessoa que estava abordada era realmente o foragido, diante da situação ele confessou estar mesmo evadido da penitenciária, dado voz de prisão, e encaminhado a D.P. de Ipanema para os procedimentos cabíveis.

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Boletim dos Jogos Escolares

Quarta de várias partidas na fase municipal dos Jogos Escolares. De manhã na Associação Banestado, o handebol masculino do Col.Maria Helena levou a melhor em cima do Col.Paulo Freire, a tarde no handebol feminino, novamente vitória do Maria Helena em cima do Paulo Freire no handebol, 16x05.
Alunas tiram foto logo após a vitória do Basquete Maria Helena
No Basquete, o Maria Helena, jogando em casa com o apoio de torcida, enfrentou o Colégio Sully, vitória dos donos da casa por 44x04.
Handebol Masculino do Maria Helena: Já estão na fase regional dos Jogos Escolares

Handebol Feminino do Maria Helena: Vaga na Fase Regional garantida

Justiça condena acusados de assassinar delegado de Pontal do Paraná

Após 36 horas de julgamento, os dois acusados de envolvimento no assassinato do delegado de Pontal do Paraná José Antônio Zuba e do funcionário público Adilson da Silva foram considerados culpados. Paulo Roberto Pereira Quinta, conhecido como Paulo Tutancâmon, foi condenado a 46 anos de prisão em regime fechado, enquanto Francisco Di
ego Vidal Coutinho, o Russinho, teve decretada pena de 20 anos. As informações são do advogado de acusação do caso, Giordano Vilarinho Reinert.
Segundo Reinert, Paulo Tutancâmon foi condenado pela autoria de dois homicídios qualificados, formação de quadrilha armada, crime de resistência, porte ilegal de arma e furto qualificado. Já a “Russinho” não foi atribuída autoria nem coautoria do crime, mas ele irá cumprir pena por participação nos dois homicídios, formação de quadrilha e porte ilegal de arma.
A apreciação do caso, realizada no Fórum de Matinhos, litoral do estado, começou às 9 horas de segunda-feira (14) e terminou perto das 21h45 desta terça (15). No primeiro dia do julgamento, todas as testemunhas, de acusação e defesa, foram sido ouvidas. Após os depoimentos, o juiz, promotores, advogados e assistentes de acusação fizeram uma inspeção no local do crime, o camping Olho d’Água, e retornaram ao fórum.
No segundo dia, o julgamento foi retomado perto das 9h30 de terça. Os debates entre promotores, advogados de defesa e advogados de acusação ocorreram em duas etapas. Na primeira, defesa e acusação tiveram, cada uma, duas horas para defender suas respectivas posições. Na segunda fase, as partes tiveram mais 1h30 cada para a réplica. Apenas depois disso é que houve previsão de análise do caso pelo júri.
Relembre o caso
Em agosto de 2010, o delegado Zuba recebeu uma denúncia de que havia homens armados em duas barracas no camping Olho d’Água. Ele se dirigiu ao local com Adilson da Silva e as investigadoras Luiza Helena Santos e Noeli de Fátima Avine. Quando se identificou, falando que era policial, Zuba foi baleado.
O delegado estava sem o colete à prova de balas. Segundo as investigadores, os outros bandidos já saíram atirando com duas pistolas na mão. Adilson também foi atingido.
Os quatro criminosos renderam Luiza e Noeli. Elas foram ameaçadas e, segundo a polícia, tiveram de implorar para não morrer. Segundo elas, um dos bandidos ainda deu mais um tiro na cabeça de Zuba quando ele já estava no chão. Os criminosos as libertaram e fugiram em dois carros com placas do Rio de Janeiro.
Coutinho, preso no dia da morte de Zuba, disse em interrogatório que o grupo faz parte de uma facção criminosa do Rio de Janeiro. Outros dois suspeitos da morte do delegado morreram em confronto com a polícia em 2010 e eram fugitivos do presídio de Bangu, no Rio de Janeiro.

domingo, 13 de abril de 2014

Restaurante Popular de Paranaguá oferece mais de uma refeição por pessoa

Um dos serviços pouco conhecidos do Restaurante Popular que é possível, para os usuários que assim desejarem, comprar mais de um ticket de refeição, bem como também é permitido fazer “marmitas” com a comida servida no estabelecimento. É o que garante a secretária municipal de Assistência Social, Neuza Mary Machado.

“Não há nada no contrato que impeça a venda de mais de um cartão e nem que impeça a pessoa de acondicionar e levar parte da refeição embora”, salienta a secretária da pasta.

“Nossa equipe está orientada para entender a situação, sabendo que muitos trabalhadores do centro da cidade têm uma hora de almoço e, muitas vezes, precisam resolver outras coisas neste tempo. Então não há problema se a pessoa quiser levar para comer depois”, disse, explicando que o usuário deve, para tanto, levar o recipiente para acondicionar a comida.

Segundo informações repassadas à Semas pela empresa que administra o espaço, o Restaurante Popular vem servindo regularmente as 500 refeições diárias previstas em contrato e, em alguns casos, serve a mais. “Prudencialmente prepara-se sempre um pouco a mais para suprir a necessidade de atender àqueles que chegam um pouco mais tarde”, salientou a secretária.

O Restaurante Popular fica na Rua Felipe Chede, em frente ao Ginásio de Esportes Dr. Joaquim Tramujas, e abre de segunda a sexta-feira a partir das 11h30. A refeição custa R$ 2.

Sequestradora está agindo no litoral


 A mulher do retrato falado acima é uma criminosa que tentou sequestrar uma criança em uma creche em Pontal do Paraná. Segundo informações, essa moça sequestra crianças para praticar magia negra, e está sendo procurada pela polícia por ser acusada de sequestrar mais de 30 crianças. A polícia pede cautela e atenção aos pais e sociedade, e qualquer informação da meliante deve ser passada pela Polícia no 190, pois ajuda no paradeiro da sequestradora. Não é preciso se identificar.

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Acusados de assassinar delegado em Pontal do Paraná vão a júri popular na segunda

delegadopontal-110414-bandabEstá marcado para a próxima segunda-feira (14) o julgamento dos dois acusados pela morte do delegado José Antonio Zuba, em Pontal do Paraná. Francisco Diego Vidal Coutinho, vulgo Russinho, e Paulo Roberto Pereira Quintal, vulgo Tutancâmon vão a júri popular pelo crime de homicídio qualificado, quando se tem a intenção de matar. O delegado foi morto durante uma operação realizada em um camping do Balneário Olho d´água  no ano de 2010.

De acordo com o investigador Cláudio, que trabalhou dois anos com o delegado Zuba, a expectativa é a de que a justiça seja feita e que os acusados peguem uma condenação pesada. “Ele era um bom profissional, gostava do que fazia, uma espécie rara na polícia. A esperança é de mobilização da Polícia Civil para que esses caras fiquem longos anos na cadeia”, disse.
Segundo as informações noticiadas pelo Pontal Notícias na época, o delegado Zuba foi morto ao verificar denúncia de um grupo suspeito dentro do camping. Acompanhado de um funcionário da prefeitura e de investigadores, eles foram recebidos a tiros. Zuba morreu na hora, com tiros de metralhadora e pistola. Outro funcionário da prefeitura ficou gravemente ferido, morrendo no hospital. O grupo fugiu nos dois carros, com placas do Rio de Janeiro.
Os dois acusados que vão a julgamento na segunda-feira estavam foragidos da penitenciária de Bangu 4 do Rio de Janeiro na época do crime. Coutinho já respondeu por duplo homicídio.

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Jogos Escolares em Pontal: Colégio Maria Helena vence o Sully no Handebol

No Handebol o Colégio Maria Helena vence o Colégio Sully pelo placar de 6x0. A partida foi realizada na Associação Banestado, o jogo mostrou que ainda falta entrosamento entre os jogadores das duas equipes, mas o coletivo já está funcionando. A bronca dos jogadores foi que a quadra não tinha marcações, assim dificultando a partida. O Colégio de Shangri-lá enfrenta o Colégio Paulo Freire, no dia 16, assim como o Sully enfrenta o Paulo Freire um dia antes.

Cerimonia de Abertura dos Jogos Escolares em Pontal do Paraná

Na última segunda(07) aconteceu a abertura oficial dos Jogos Escolares, que foi realizada na quadra Colegio Estadual Paulo Freire em Praia de Leste. O evento contou com a participação das escolas com varias autoridades, lideranças e comunidade. A competição este ano contará com varias modalidades esportivas. A tocha olímpica foi conduzida pela estudante Ana Paula Zulin, o juramento do atleta foi proferido pela estudante Jeniffer Carvalho.


Guarda Civil Municipal de Paranaguá recebá caminhão novo

A Secretaria Municipal de Segurança de Paranaguá (Semseg) aguarda para o início da semana que vem a chegada de um caminhão novo para a corporação. O novo veículo tem cabine dupla e carroceria em madeira e será usado como apoio para o transporte dos materiais usados pela Guarda Civil nas atividades de pintura e sinalização de trânsito.

“O fabricante já nos entregou o veículo pronto e plotado com a identificação das viaturas da Guarda Civil Municipal. Só estamos aguardando o emplacamento para trazer o veículo até a sede da secretaria”, informa o superintendente da Secretaria de Segurança, Ibrahin Abdo Hamud.
É a primeira vez que o Demutran adquire um caminhão. “Até então, para executar algumas atividades que precisavam do transporte dos equipamentos, contávamos com a ajuda de veículos de outras secretarias”, explica o secretário municipal de Segurança, Cícero Alves Fernandes.

“Isto melhora a condição de trabalho dos guardas municipais. O novo caminhão soma-se a outras aquisições já entregues desde o ano passado, na gestão do prefeito Edison Kersten”, salientou o secretário.

“Nossa administração vem investindo com planejamento, modernizando a frota e buscando maior eficiência no uso dos recursos públicos, buscando sempre melhorar o atendimento à população”, salientou o prefeito Edison Kersten.

Frota
Recentemente, a Guarda Civil Municipal recebeu dez novas motocicletas. Em dezembro, duas picapes e dois automóveis GM SpaceFox foram integrados à frota. Em outubro, a GCM recebeu quatro outras viaturas e um micro-ônibus.

Foragido foi capturado em Praia de Leste

Um foragido foi capturado por policiais militares de Pontal do Paraná (9ºBPM), pertencente ao 6º Comando Regional de Polícia Militar (6ºCRPM), na manhã de quarta-feira (09/04), por volta das 6h20, em Praia de Leste.
De acordo com as informações passadas pela Polícia Militar, uma equipe policial militar fazia um patrulhamento de rotina na rodovia PR-412, quando teria avistado um rapaz em atitude suspeita e o abordaram.
Durante a abordagem, o homem de 21 anos, teria sido identificado como um foragido da Justiça com mandado de prisão em aberto expedido pela Comarca de Guaratuba (PR), segundo dados do sistema. Diante disso, o rapaz foi preso e encaminhado à delegacia local para os procedimentos legais.
Uma observação a ser feita, é que esta mesma equipe policial, já havia feita a prisão de um indivíduo também com mandado de prisão em aberto, onde o mesmo foi abordado no Balneário Canoas, com ele foi encontrada uma pedra de Crack, só que o Mandado era pela Comarca de São José dos Pinhais, ou seja, em um único turno de serviço, dois foragidos com mandados de prisão em aberto, presos em Pontal do Paraná.

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Excesso de chuva deixa Bombeiros em alerta no litoral


Bombeiros e Defesa Civil vão ficar de prontidão durante a madrugada (Foto: Patrícia do Rocio da Rosa/Arquivo Pessoal)A chuva que atinge a região leste do Paraná desde quarta-feira (4), elevou o nível do Rio Nhundiaquara, que corta o município de Morretes, no litoral do estado. De acordo com o Corpo de Bombeiros da cidade, há alguns pontos de alagamentos e a Defesa Civil municipal já entrou em estado de alerta.Na cidade vizinha, Paranaguá, os Bombeiros interditaram duas pontes de madeira, no bairro Floresta. A interdição foi causada justamente por causa do nível do rio. Até as 19h20, ainda não havia registros de pessoas desabrigadas ou desalojadas nas duas cidades. Porém, o alerta permanecerá durante toda a noite, já que são esperados até 60 milímetros de chuva nas próximas horas.

terça-feira, 1 de abril de 2014

Appa planeja nova sede administrativa

Divulgação/Appa / Obras preveem um total de 24 prédios e áreas, incluindo uma marina, um terminal de passageiros e heliponto
A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) deve concluir este mês os estudos preliminares para a construção de uma nova sede administrativa para o Porto de Paranaguá. A intenção é fazer da nova área um complexo administrativo mais moderno e, de quebra, construir um complexo náutico e de lazer dentro da área do porto.
Batizado como “centro de convivência”, as obras preveem um total de 24 prédios e áreas, que englobam uma marina, um terminal de passageiros, heliponto, hotel, ciclovia e um novo estacionamento. O projeto preliminar, que ainda está em andamento, custou R$ 150 mil.

 “A construção desta nova sede é um dos últimos projetos do Plano de Desenvolvimento e Zoneamento do Porto Organizado que cabe à administração do porto realizar”, afirma o superintendente da Appa, Luiz Henrique Dividino. Com a nova lei dos portos, os arrendamentos operacionais, como novas áreas de grãos, líquidos e terminais de contêineres, devem ser licitadas pela Secretaria Especial dos Portos (SEP), mas áreas administrativas podem continuar a ser planejadas pela administração local.
A nova área fica situada no Setor Leste do porto, atrás do espelho d’água que fica ao lado do atual Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP). Concluída essa etapa de projeto conceitual, serão licitados os projetos executivos das obras.
Em primeiro lugar, será desenvolvido o projeto de infraestrutura para as instalações necessárias para o acesso à área, como a construção de uma ponte, obras de aterro, dragagem e iluminação, entre outras necessárias. Quando esta etapa estiver pronta e licenciada, serão executados os prédios e demais áreas.
Uma estimativa do custo total da intervenção só será conhecido quando o projeto for publicado, ainda neste mês. O projeto também prevê que a área em que está situado o prédio atual seja arrendada para alguma finalidade operacional do porto.
Turismo
A ideia do projeto é transformar a nova sede em um ponto turístico da cidade. “Queremos fazer deste complexo um ambiente agradável. A vista é muito bonita e o porto deve isso a Paranaguá”, completa Dividino. Neste conceito, a área prevê um terminal para embarcações de passageiros e um mirante no topo de um dos prédios, com vista para o canal da Galheta e para a Ilha da Cotinga.
Paralelamente, a prefeitura de Paranaguá também prevê a construção de um terminal portuário turístico. A administração municipal, inclusive, planeja usar o mesmo modelo formulado pela Appa para o seu projeto.

domingo, 30 de março de 2014

Paranaguá: Apresentação de Paulo Silvino lota o Teatro Rachel Costa

Com a casa lotada, o Teatro Municipal Rachel Costa recebeu, na noite de sábado (29), o ator Paulo Silvino na primeira apresentação do espetáculo ‘Paulo Silvino Pintando no Pedaço’. Neste domingo (3), o ator faz a segunda e última apresentação em Paranaguá, às 19h.
Antes de entrar no palco, Paulo Silvino concedeu uma entrevista coletiva à imprensa local. O ator fez questão de ressaltar a importância do teatro para a cidade.

“Seria ótimo se toda cidade tivesse um teatro com intensa programação. Não é só a vinda de atores que é boa para a cultura local, é todo o desenvolvimento de um setor. São importantes, também, a pessoa que cuida do cenário, do som, da direção de elenco e por aí vai”, disse.
Perguntado se foi bem recebido na cidade, Silvino não deixou dúvidas. “Fui muito bem recebido e pretendo voltar em breve à cidade com o espetáculo ‘As Aventuras do Papaceta’, contando a história de um pirata que desembarca na baía de Paranaguá”, adiantou.

‘Paulo Silvino Pintando no Pedaço’, como fez questão de salientar o comediante durante entrevista coletiva, não é um stand-up em sua forma mais moderna. “O que eu faço é show”, declarou. No espetáculo, Silvino conta histórias inusitadas e bem-humoradas de sua carreira, entremeadas com músicas interpretadas pelo próprio ator em cena.

É iniciado os trabalhos do Observatório de Direitos Sociais de Pontal

Na última quinta-feira, (27) os alunos do 3°A do Colégio Maria Helena de Shangri-lá receberam a visita da conselheira Silvana Borges, presidente do CMDM (Conselho Municipal dos Direitos da Mulher) em companhia das também conselheiras Iná Stival Campagnoli e Lia Veselosk,. Na conversa com os estudantes foram destacados alguns pontos, a importância da conscientização dos jovens a respeito da luta pelo fim da violência contra a mulher, as formas de agressão mais comuns, a resposta da comunidade para esta questão e o trabalho feito pela atual equipe do Conselho para garantir que os direitos sociais femininos seja posto em prática em Pontal.
O Diretor-Chefe do Blog Pontal Notícias, Henrique Gonzalez, que é aluno da turma, destacou a importância do debate: ``Essa conversa foi importante para reforçar o que a mulher representa na sociedade
O Observatório de Direitos Sociais, é uma idealização do Professor Ivan Rebuli, e que vai ser trabalhada pelos alunos do terceiro ano para ser apresentado para todo o Colégio.

quinta-feira, 27 de março de 2014

Após demissões em 2013, Techint volta a contratar em Pontal do Paraná

Oito meses após a onda de demissões causada pelo cancelamento de contratos com a empresa OSX, de Eike Batista, a Techint voltou a contratar funcionários para o estaleiro em Pontal do Paraná. Desde junho passado não havia tantos trabalhadores no canteiro de obras da multinacional italiana no Litoral do estado.
Oswaldo Eustaquio / Gazeta do Povo / Cerca de 430 trabalhadores estão cumprindo expediente no estaleiro da multinacional para atender encomenda da Petrobras
Pelo menos 430 pessoas já estão batendo o cartão-ponto na unidade. A retomada ocorreu graças a uma encomenda da Petrobras. Em parceria com a empresa francesa Technip, a Techint vai fazer a plataforma P-76, que prevê a construção de módulos e integrações para um navio FPSO – tipo de plataforma flutuante capaz de extrair, processar e armazenar petróleo. A gerente de Recursos Humanos da Techint, Andressa Vidal, diz que haverá um pico de 2,3 mil trabalhadores em julho de 2015.
A força de trabalho para a construção do navio será prioritariamente de moradores da região, que passarão por capacitação e treinamento para atuar nesse tipo de obra.
“Já temos gente trabalhando na adequação do canteiro, mas o grande fluxo deve começar em agosto deste ano. A partir daí vamos contratar cerca de 500 trabalhadores por mês e nossa prioridade é mão de obra local”, afirma Andressa.
Ex-funcionários que foram dispensados no ano passado tem prioridade para voltar ao trabalho. Os cursos de capacitação serão feitos por meio de uma parceria da prefeitura com o Senai.
Investimento
Para o vice-presidente da Associação das Micro e Pequenas Empresas do Litoral do Paraná, Marcelino Akyo Kobata, o maior beneficiado com a retomada da Techint é o pequeno comerciante. “Com 2 mil pessoas trabalhando aqui há um claro aquecimento no mercado da cidade. Há uma injeção monetária e todo mundo sai ganhando. São pousadas cheias, restaurantes atendendo todo o ano. O dinheiro gira na cidade”, diz.
A prefeitura de Pontal também comemorou o anúncio. Por meio de sua assessoria de imprensa, afirmou que a recontratação de mão de obra pela Techint é sinônimo de aumento da arrecadação do município e esperança de novos projetos sociais, como reforma de escolas e compra de mobiliário para salas de aula – ano passado, a multinacional construiu uma escola para o município

 Crise em petroleira de Eike Batista causou demissões ano passado
No ano passado, a crise nas empresas de Eike Batista afetou a petroleira OSX Brasil, que decidiu interromper a encomenda de uma das duas plataformas para extração do pré-sal que a Techint estava construindo em Pontal do Paraná. As demissões começaram em julho e mais de 2 mil trabalhadores ficaram desempregados.
No final de 2013, dos mais de 3 mil funcionários que chegaram a Pontal do Paraná para trabalhar na multinacional de engenharia, restavam apenas 150 funcionários no canteiro de obras. A previsão é que boa parte dos profissionais seja readmitida neste ano, para trabalhar na construção da plataforma da Petrobras. .
Os contratos com a OSX, que somavam R$ 1 bilhão, foram os principais responsáveis pelo investimento de R$ 300 milhões que a empresa fez na retomada do seu canteiro de obras no litoral do Paraná, após receber, em 2011, a licença ambiental de instalação para se transformar em uma grande unidade industrial. A Techint está instalada em Pontal há 31 anos

Pontal do Paraná participa do seminário das Agências do Trabalhador

Os servidores da Agência do Trabalhador de Pontal do Paraná e mais de 400 funcionários das Agências de todo o Paraná e dos escritórios regionais da Secretaria do Trabalho, Emprego e Economia Solidária, participaram do 1º Seminário Estadual das Agências do Trabalhador, realizado nos dias 20, 21 e 22, no Sesc Caiobá.

O Secretário de Estado do Trabalho, Emprego e Economia Solidária, Luiz Claudio Romanelli, destacou a importância de reunir os funcionários das agências e escritórios para troca de informações e experiências. “Quem de fato materializa, dá consequência e apresenta resultados são os servidores das agências, responsáveis pelo atendimento direto aos trabalhadores que buscam colocação no mercado de trabalho. São você os responsáveis por termos colocado 352 mil trabalhadores no mercado de trabalho nos últimos três anos”, salientou.

Romanelli ressaltou a necessidade de implantação do Sistema Único de Trabalho nos moldes do SUS e do SUAS, em debate no âmbito do Ministério do Trabalho e no Fórum Nacional de Secretaria Estaduais de Trabalho. “Hoje, o Governo do Estado e os municípios bancam 78% das despesas da rede de agências e essa situação acontece em todo o país. O Sistema Publico de Trabalho que queremos é outro, com a definição do papel da União, Estados e Municípios na operacionalização e na gestão do Sine e estabelecer o cofinanciamento destas políticas”.

Segundo o coordenador do Departamento de Gestão do Sistema Público de Trabalho, Emprego e Renda, José Maurino de Oliveira Martins, o Paraná sai na frente na discussão do novo sistema publico de trabalho, ao realizar o seminário. “Este encontro será um momento de reflexão e interação entre todos os servidores e um momento para pensarmos no futuro do sistema publico de trabalho e emprego no Paraná e no Brasil. Temos grandes desafios na intermediação de mão de obra e na qualificação profissional e este é o momento para discutirmos e compartilharmos nossos sucessos e nossas expectativas. Esses desafios passam desde a evolução do Sistema MTE + Empregos, até a implantação da Escola do Trabalho, padronização das Agências do Trabalhador e consolidação da política do piso mínimo regional”.
Ele acrescenta como prioridade, a construção da agenda de trabalho decente, realização da Conferência Regional da Economia Solidária e consolidação do Observatório do Trabalho.

Feira da Lua se consolida como atrativo nas noites de terça-feira em Paranaguá

Realizada nas noites de terça-feira desde o início de fevereiro, a Feira da Lua se consolidou no gosto popular e vem se tornando parada obrigatória para famílias e turistas que visitam a cidade durante a semana. A Feira da Lua é a primeira feira noturna da cidade e é uma realização da Prefeitura de Paranaguá, por meio da Semapa (Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento) que, em parceria com outras secretárias, leva à Praça dos Leões (Eufrásio Corrêa) uma variedade de produtos que vai desde a produção das colônias parnanguaras, artesanato e opções gastronômicas mais sofisticadas, tipo ‘gourmet’.

A realização da Feira da Lua foi uma determinação do prefeito Edison Kersten com o objetivo de movimentar praças e espaços públicos, após verificar o sucesso da ação na época de Natal. O chefe do Executivo municipal prestigiou a feira recentemente e disse que a ideia é dar movimento aos espaços públicos.

“A Praça dos Leões esteve abandonada, degradada, servindo pouco aos parnanguaras. As feiras promovem um novo movimento no local. A ideia é termos mais ações como essa em diversos pontos da cidade”, conclui o prefeito.

“Frutas, verduras e legumes, produzidos pelos agricultores de nossas colônias agrícolas, são o que você encontra de mais tradicional na Feira. Além, é claro, de diversas outras opções gastronômicas dando um toque peculiar e atrativo aos visitantes do Centro Histórico”, diz a secretária de Agricultra, Pesca e Abastecimento, Cintia Maria Lopes dos Santos Oliveira.

“A Feira da Lua caiu nas graças da população, que aproveita as noites de terças-feiras para um programa familiar diferente, divertido, saudável e barato”, conclui Cintia.

Dentre os produtos mais procurados na Feira da Lua estão os pasteis, sucos naturais e pratos da gastronomia local como patola de caranguejo, casquinha de siri, bolinho de bacalhau, caldo de cana, tapioca, picolés, espetinhos de carne e frango, comida árabe e japonesa, pães e cerveja artesanal.

Feiras movimentam a cidade

De acordo com a Semapa, ao todo, Paranaguá tem seis feiras movimentando diversos pontos da cidade.  A Feira da Lua acontece toda terça-feira, a partir das 17h, na praça Eufrásia Corrêa (Praça dos Leões).  Às quartas-feiras, das 9 às 15h, é dia de feira na Ilha do Mel, em Nova Brasília e Encantadas.
Nas sextas-feiras, o Festival Rural traz uma variada opção de produtos para quem passa pela praça Fernando Amaro.
Aos sábados acontece a Feirinha da Catedral, nos fundos da igreja Matriz, no Cento Histórico, das 7 às 12h.  No mesmo horário, no domingo acontece a Feira dos Produtores, na Vila dos Comerciários, próximo ao Corpo de Bombeiros, no Conjunto Nilson Neves.

sexta-feira, 21 de março de 2014

Traficante é capturado com arma e um quilo de crack em Guaratuba

Policiais Militares de Guaratuba efetuaram um cerco no Bairro Piçarras, haja vista a denúncia da existência de drogas sendo comercializadas na região.
Logo que se aproximaram de uma região de mato e escuridão, os Policiais Militares avistaram três pessoas empreendendo fuga, sendo um deles de 23 anos alcançado logo em seguida e com ele localizado um revólver cal 357 e um tablete que posteriormente descobriu se tratar de pouco mais de um quilo "crack", o que seria suficiente para se transformar em pelo menos cinco mil pedras destinadas a usuários da droga.
A arma, o entorpecente e o detido foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Guaratuba para os procedimentos pertinentes.

quinta-feira, 20 de março de 2014

Policia de Pontal prende assaltantes de loja em Praia de Leste

Na noite de ontem, 19/03/2014, por volta das 20h00min, um homem, dono de um supermercado no Balneário de Praia de Leste, relatou à Central 190, que seu estabelecimento comercial foi assaltado por dois elementos armados, que dali levaram bebidas, dinheiro e cigarros, que estes indivíduos fugiram sentido à Avenida Atlântica do referido balneário, sendo repassadas as características desses indivíduos para as Equipe RPA's, que também, alguns minutos antes do roubo, uma mulher havia entrado no mercado e que depois de muita demora a sair, comprou somente um produto pequeno. Feito então as buscas, por volta das 23h00min, esta mulher foi encontrada na via, próxima de um local de tráfico de drogas, sendo encaminhada para o reconhecimento da vítima, a vítima a reconheceu, que diante das informações repassadas por esta mulher, as equipes do Pmpr Pelotão Pontal Do Paraná, foram até o Balneário Monções, lá encontraram mais dois indivíduos, sendo eles, menores de idade, mas de imediato foram reconhecidos pela vítima como os autores do roubo, que no local onde estavam, foram também encontrados os objetos do roubo, junto com a arma, um revólver cal 32, com apenas uma munição, esta, intacta. Um desses indivíduos é casado com a mulher que foi presa e que na data do dia "17/03/2014", dois dias antes do roubo, os dois haviam sido presos por Tráfico de Drogas em Praia de Leste. Diante do fato, foram novamente presos, juntamente com o outro menor detido e encaminhados para a Delegacia de Ipanema, para os procedimentos cabíveis.

segunda-feira, 17 de março de 2014

Em apenas uma noite, quatro foragidos da justiça são capturados no litoral

Quatro foragidos da Justiça foram capturados nesta noite, em quatro situações de abordagens distintas, nos municípios de Matinhos, Guaratuba e Pontal do Paraná.
A primeira delas, em Matinhos, por volta das 23h30min, onde a pessoa conhecida por "CIDÃO", de 41 anos, foi abordado na área central de Matinhos e possuía Mandado em aberto pela Comarca de Pontal do Paraná.
Às 00h40min, em Guaratuba, foi abordado um jovem de 22 anos na Avenida Rui Barbosa, bairro Piçarras, e também verificado Mandado de Prisão por envolvimento em furtos.
Às 02h10min, às margens da PR 412, na altura do balneário Canoas, em Pontal do Paraná, um homem de 32 anos também foi surpreendido com Mandado de Prisão pela Comarca de Curitiba.
E já às 03h40min, novamente em Matinhos, após mais uma abordagem no bairro Rio da Onça, outro homem de 32 anos também foi abordado e, inicialmente, tentou se passar por outra pessoa mas após consultas ao sistema, foi verificado ter Mandado de Prisão em aberto pela Comarca de Curitiba.
Os foragidos foram encaminhados às respectivas Delegacias dos municípios para os procedimentos pertinentes.
Com o final da temporada, as ações de abordagem no litoral são acentuadas, exatamente com a finalidade de se verificar a permanência de "oportunistas" que eventualmente estejam à espreita para praticarem pequenos ou grandes delitos.
A comunidade pode contribuir com este trabalho encaminhando denúncias, mesmo que de forma anônima, ao fone de emergência 190 ou o disque denúncia 181.
Todas as informações serão cuidadosamente verificadas e identidade do colaborador devidamente preservada.

sexta-feira, 14 de março de 2014

Deslizamento de terra interdita Estrada da Graciosa, em Morretes


O deslizamento de terra na altura do quilômetro 10,8 interditou o trecho da Estrada da Graciosa (PR-410), que liga Curitiba ao Litoral do estado, por volta das 13 horas desta quinta-feira (13), em Morretes.
Anteriormente, a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) havia informado que o acidente ocorrera no quilômetro 10,5.

Marco Antonio Leite/Arquivo Pessoal / Foto enviada pelo estudante Marco Antonio Leite mostra a cratera aberta pelo deslizamento na Estrada da GraciosaDe acordo com a PRE, cerca de 40 metros da pista cederam devido ao excesso de chuvas. O material acabou deslizando e caindo sobre o quilômetro 12, logo na descida da serra.
A interdição, conforme a PRE, segue por tempo indeterminado, já que há dificuldade para que as máquinas cheguem até o local. Na manhã desta sexta (14), a polícia informou que uma equipe do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) irá ao local para avaliar os estragos.
Ninguém ficou ferido.
Histórico
A Estrada da Graciosa é uma via histórica que começou a ser construída em 1854, ano da emancipação da província do Paraná. Ela liga os municípios de Quatro Barras a Morretes e tem uma extensão de 28,5 quilômetros, de acordo com o DER.
A via passa por uma região em que a Mata Atlântica mantem-se preservada e foi até a primeira metade do século 20 a única estrada pavimentada do estado.
Por esse motivo, a via foi de grande importância para a economia regional, já que por ela eram transportados os carregamentos de produtos como erva-mate, madeira e café até o Porto de Paranaguá.
Hoje a estrada é uma via de acesso ao litoral que proporciona aos viajantes espaços de lazer e ruínas históricas.

Homem é encontrado no Mar em frente ao Porto

Na final da tarde desta quinta feira (13) foi localizado um corpo boiando na Baia de Paranaguá, o corpo estava próximo aos navios, é de um homem de aproximadamente 45 anos, 1,90cm de altura, e aproximadamente 90 kilos, e devia estar aproximadamente dois dias na água, os Bombeiros foram acionados e recolheram o corpo repassando o mesmo para o I.M.L. de Paranaguá, o mesmo será submetido aos exames periciais de praxe e aguardar a manifestação da família

quinta-feira, 13 de março de 2014

Paranaguá terá stand-up com personagem do Zorra Total

Dias 29 e 30 de março o Projeto Paranaguá Porto das Artes tem apresenta o espetáculo Paulo Silvino Pintando no Pedaço, um stand up com um dos maiores artistas do humor nacional. Com 55 anos de carreira, Paulo Silvino, que interpreta do personagem Severino, do Zorra Total inicia suas comemorações em Paranaguá, de onde levará um cenógrafo da terra para o desenvolvimento do cenário do seu novo espetáculo.
Paulo Silvino chegará a Paranaguá no dia 28/03 e se apresentará dias 29 e 30 de março no teatro Rachel Costa, as 20h e 19h, respectivamente.
Paulo Silvino Pintando no Pedaço
Classificação: 16 anos
Dia 29 de março
20h00
Dia 30 de março
19h00
Teatro Rachel Costa

Ingressos a venda no Restaurante Abonbonne, Contteudo Publicidade e na bilheteria do teatro
R$60,00 inteira
R$30,00 meia entrada (estudantes, idosos, doadores regulares de sangue e professores da rede pública (todos mediante comprovação)

segunda-feira, 10 de março de 2014

Quadrilha de Traficantes é presa em Matinhos

No início da noite de ontem, 09 de março, por volta das 19h30min, Policiais Militares de Matinhos receberam uma denúncia de que a pessoa conhecida por "TUCA" receberia um carregamento de drogas de outra traficante vinda de Curitiba e que se encontrariam na região dos balneários de Matinhos.
Com as informações, os Policiais Militares se dirigiram aos balneários e, nas imediações do balneário Praia Grande, avistaram "TUCA" às margens da rodovia que liga Matinhos a Pontal do Paraná, acompanhada ainda de outra jovem e onde então foi estabelecida vigilância para verificar quem seria a outra ou outras pessoas que ali chegariam.
Passados alguns minutos, um veículo PEUGEOT de cor branca se aproximou, onde TUCA foi ao encontro e recebeu um pequeno pacote, momento em que se deu a abordagem, sendo constatado se tratar de 300g (trezentos gramas) de pasta base de cocaína, a qual, após ser processada ("batizada") para venda, poderia chegar a três quilos.
No interior do veículo, foram localizados ainda 13 (treze) tabletes de maconha que totalizaram 655g (seiscentos e cinquenta e cinco gramas). A condutora, uma mulher de 43 anos, negou a propriedade do entorpecente porém, o veículo estava com documentos e placas clonadas e na verdade se tratava de produto de roubo no dia 28 de fevereiro, em Pinhais, PR. O acompanhante da motorista, um homem de 41 anos, possuía 04 (quatro) Mandados de Prisão por roubo, oriundos do estado de São Paulo e também recebeu voz de prisão. Com "TUCA" (31 anos), se encontrava uma adolescente de 17 anos, a qual foi apreendida.
A droga, o veículo e os três maiores foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Matinhos para os procedimentos pertinentes.
Em meio a confecção dos documentos pertinentes, um jovem foi abordado defronte ao Quartel da Polícia Militar de Matinhos e com ele foi localizado uma espécie de "kit" de usuário contendo aproximadamente 50g (cinquenta gramas) de maconha, inclusive um cigarro da erva pronto para o consumo.
O jovem e a droga também foram encaminhados para a Delegacia de Polícia para os procedimentos pertinentes.

Governo licita projeto da nova rodovia em Pontal do Paraná

Governo licita projeto da nova rodovia em Pontal do Paraná 
Do Correio do Litoral
Não foi informado prazo para início das obras. O edital, que pode ser retirado no site www.compras.pr.gov.br, prevê também a elaboração de projeto de urbanização do atual traçado da rodovia, com a construção de calçadas, binários e ciclovias e o projeto de recuperação do canal de drenagem. 
 
Serão investidos pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) mais de R$ 8 milhões na contratação dos projetos executivos e do estudo ambiental da faixa de infraestrutura entre a PR 407 e Pontal do Sul. A faixa de infraestrutura vai orientar os futuros projetos executivos para a construção da nova ferrovia entre Maracaju/Paranaguá/ Pontal do Paraná e das implantações das redes elétrica e de gás, além de drenagem e saneamento. 
 
“Esta obra vai modernizar a infraestrutura do Litoral, ajudar na urbanização dos balneários e promover o desenvolvimento, permitindo a atração de investimentos na região, criando empregos e renda aos moradores do Litoral”, disse o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho. O secretário explica que a nova faixa de infraestrutura vai ajudar também a proteger áreas de preservação da Mata Atlântica da região litorânea. A previsão é investir mais de R$ 200 milhões na construção da rodovia e na modernização do canal. 
 
Ferrovia e gasoduto
 
 A nova faixa de infraestrutura terá 23,2 quilômetros de comprimento, entre o entroncamento da PR 407 (Alexandra-Matinhos) e Ponta do Poço, em Pontal do Paraná. A faixa terá cerca de 220 metros de largura, ficando entre a área de proteção ambiental e o antigo canal da Suderhsa. Dentro da faixa serão construídas a nova rodovia, um ramal ferroviário, gasoduto, rede elétrica, o canal de drenagem e redes de saneamento. 
 
“De forma moderna, o Estado usa a faixa de infraestrutura para impedir o avanço às áreas ambientais e também junta em um só ponto - distante das áreas de balneários - evitando a ocupação urbana da cidade ao longo da rodovia e da ferrovia”, disse Richa Filho. Com o Estudo Ambiental da faixa de infraestrutura, ficam também definidos critérios ambientais para a elaboração dos projetos executivos da ferrovia, rede de alta-tensão, gasoduto e rede de saneamento. 
 
Rodovia duplicada
 
A nova rodovia será construída cerca de dois quilômetros antes do atual traçado da PR 412, que atualmente dá acessos aos balneários entre Praia de Leste e Pontal do Sul. A estrada será duplicada com quatro faixas e prevê a construção de quatro conectoras, que vão dar acesso aos balneários, evitando a entrada por Praia de Leste. 
 
A atual rodovia será totalmente remodelada, tornando-se urbana. O projeto a ser elaborado prevê a restauração e duplicação da via existente, a implantação de vias marginais, em ambos os lados da rodovia, calçadas para pedestres e ciclistas nos locais onde ela atravessa os balneários. 
 
A urbanização prevê ainda implantação de nova via paralela à PR 412, com aproximadamente 1.750 metros, saindo da PR 407, formando um binário. O projeto vai definir nova iluminação para esta rua e sinalização, além de readequação das redes de água, luz e concessionárias de telefonia e televisão. 
 
Novo canal de drenagem
 
No edital, a empresa vencedora terá de apresentar projeto executivo para reabilitação do atual canal de drenagem, com 17,8 quilômetros de extensão, além de construção de mais 1,1 quilômetro de canal. O novo canal vai resolver um problema antigo da região litorânea, que são pontos de alagamentos. 
 
Quando estiver em funcionamento, permitirá a drenagem da chuva para dentro do canal. Desta maneira os resíduos e lixos que normalmente são arrastados pelas chuvas e jogados diretamente ao mar irão ao canal, melhorando a qualidade da água do mar e o impacto na balneabilidade. 
pontal-novarodovia-a

sábado, 8 de março de 2014

Grupo suspeito de integrar quadrilha que age em todo estado é preso ao tentar cometer assalto no litoral paranaense

Três homens suspeitos de integrar uma quadrilha que age em várias cidades do estado foram presos por policiais militares que participam da Operação Verão Paraná 2013/2014 após serem flagrados em atitude suspeita em frente a uma residência que provavelmente seria alvo de assalto na noite de segunda-feira (04/03), por volta das 21h30, em Guaratuba, no litoral paranaense. A ação também resultou na apreensão de uma arma de fogo calibre 12 artesanal com quatro cartuchos, dez aparelhos celulares (sendo que um deles havia sido roubado em um outro assalto a mesma residência), R$500,00, um relógio de bolso e lacres, semelhantes a braçadeiras, que provavelmente seriam usados como algemas para fazer os moradores reféns.
Em um patrulhamento de rotina, policiais militares do Serviço Reservado avistaram algumas pessoas em atitude suspeita próximas a uma residência na rua Monsenhor Lamartine, no centro da cidade. Diante disso, a equipe policial militar teria feito uma vigilância ao local e notado a presença de um veículo Chevrolet/Corsa verde, com placas de Fazenda Rio Grande, que estava nas redondezas.
Por suspeitarem da atitude dos rapazes e do carro que estava nas proximidades, os policiais militares pediram um apoio a uma equipe policial militar da Rondas Ostensivas Tático Móvel (ROTAM) para fazer a abordagem. Com a chegada do apoio o condutor do carro, que provavelmente ajudaria na fuga após o assalto, foi abordado, assim como os outros dois suspeitos que estavam pulando o muro dos fundos da casa.
De acordo com o capitão César Kamakawa, o grupo formado por três homens de 33, 27 e 26 anos, que foi preso, teria confessado o assalto cometido no dia 01 de fevereiro no mesmo local em que foram flagrados em uma nova tentativa de roubo, na ocasião foram levados R$20 mil, além do celular.
O suspeito de 33 anos, natural de Londrina (norte) estava com um mandado de prisão em aberto, o de 26 anos (de Fazenda Rio Grande) também teria passagens pela polícia e o outro suspeito é natural de Chopinzinho, no centro-oeste do estado.
A atuação da PM no combate aos crimes no litoral é ressaltada pelo capitão Kamakawa, que esclarece que os policiais militares estão sempre atentos. “A gente se prepara para enfrentar, tendo em vista o final da Operação Verão eventuais oportunistas que se deslocam para o litoral para cometer crimes e delitos. Lembrando que todas as quadrilhas que desceram na pós temporada do ano passado foram capturadas”, destaca o capitão.
Enquanto os policiais militares do litoral prendiam os três homens, uma denúncia de que um grupo de pessoas assaltaria um mercado em Curitiba foi recebida por uma equipe da Operação Verão que teria repassado aos policiais militares da ROTAM do 13º Batalhão de Polícia Militar (13ºBPM) para que eles pudessem averiguar.
Após a denúncia, os policiais militares prenderam cinco pessoas que estavam com duas armas de fogo, dois revólveres calibre 32 e 38, em um veículo Honda/Civic roubado, em Fazenda Rio Grande. A suspeita é de que essas pessoas presas pertenceriam à mesma quadrilha que os presos de Guaratuba.
“A suspeita é de que todas essas pessoas integrem uma quadrilha que age em várias cidades do Paraná, sendo que os rapazes presos no litoral também seriam suspeitos de um homicídio contra um empresário em Rio Branco do Sul, na grande Curitiba”, completa o capitão César Kamakawa.

Porto de Paranaguá registra alta de 11% na exportação de granéis no primeiro bimestre


As exportações de granéis pelo Corredor de Exportação (Corex) do Porto de Paranaguá fecharam o primeiro bimestre de 2014 com 2,26 milhões de toneladas movimentadas. O volume é 11,3% maior do que o registrado no mesmo período de 2013.

Nos dois primeiros meses deste ano, foram exportados grãos de soja, farelo de soja e milho, sendo que o volume do soja foi o mais representativo: 1,28 milhão de toneladas exportadas, o que representou um aumento de 150% em relação ao bimestre, no ano passado.

Para o superintendente dos portos paranaenses, Luiz Henrique Dividino, os bons números refletem a antecipação da safra de soja e as adequações logísticas que vem sendo realizadas pelo porto.

“O soja começou a ser escoado mais cedo este ano e o reflexo pôde ser percebido no aumento considerável no volume escoado. Temos trabalhado intensamente com o sistema Carga Online para receber todo este volume de grãos sem formação de filas ou outros transtornos e temos conseguido bons resultados”, analisa.

Nos dois primeiros meses do ano, passaram pelo Pátio de Triagem do Porto de Paranaguá 44,3 mil caminhões carregados com grãos. O número é 36,5% superior ao número de caminhões recebidos no primeiro bimestre de 2013. Neste período, dois episódios de filas foram registrados – ambos causados por acidentes envolvendo caminhões e que provocaram o desligamento do sistema eletrônico do Pátio.

“Realizamos reuniões diárias para adequar a chegada de caminhões com a programação dos navios. Os ajustes que fazemos no sistema são justamente para adequar o fluxo de cargas e, quando acontecem acidentes como estes que vimos no mês passado, podemos perceber claramente como o sistema que adotamos consegue manter nossas estradas sem filas”, afirma Dividino. Segundo ele, os acúmulos provocados momentaneamente, nas duas ocasiões, foram rapidamente absorvidos pela própria fluidez do sistema.

Tempo – As condições climáticas também auxiliaram no bom desempenho do Corex neste primeiro bimestre. Em janeiro e fevereiro foram registrados oito dias de paralisações por conta das chuvas. No ano passado, no mesmo período, foram 15 dias de paralisações pelo mesmo motivo.

“Temos trabalhado para garantir o bom escoamento da safra de grãos. O Porto de Paranaguá está realizando melhorias logísticas e também obras importantes que impactarão positivamente na próxima safra, como a instalação dos novos shiploaders e a ampliação do pátio de triagem”, afirmou o secretário de infraestrutura e logística, José Richa Filho.

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Carnaval começou mais cedo em Shangri-lá no último final de semana

A Escola de Samba Leão da Estradinha, de Paranaguá, animou o último sábado do Balneário Shangri-lá. A Leão da Estradinha, presidida por Dicésar Tramujas, tem como símbolo o leão e suas cores são vermelho e branco.
Para o Carnaval de 2014, a escola vem com o enredo "Lar doce lar, doce vida" que vai ser executado pelo carnavalesco Mágico Junior que está a anos na escola. Os turistas e moradores gostaram da apresentação, e comentaram que a Escola de Samba será uma das melhores desse carnaval na cidade portuária.

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

PM vai usar tecnologia avançada para intensificar policiamento no Carnaval

PM capacita efetivo e testa caminhões de Comando e Controle que serão utilizados no Carnaval. Matinhos, 08/01/2014. Foto: Cabo Valdemir da LuzA Polícia Militar do Paraná vai intensificar a segurança no litoral do Estado durante o Carnaval com o uso de quatro caminhões denominados Centros de Comando e Controle Móveis. Os veículos serão usados em Guaratuba, Matinhos/Caiobá e em dois pontos de Pontal do Paraná – Ipanema e Santa Terezinha.

Para garantir o uso eficiente das unidades móveis, dezenas de policiais militares foram capacitados durante quatro dias para utilizarem os veículos. “Os integrantes da corporação aprenderam a operar os equipamentos de videomonitoramento para que nada passe aos nossos olhos no Carnaval do litoral”, disse o major Robson Lima, da Diretoria de Tecnologia e Informação da Polícia Militar, responsável pela capacitação das equipes.

Os caminhões, entregues pela Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos, foram recebidos para serem usados na Copa do Mundo, mas serão utilizados neste Carnaval como projeto piloto. “Com isso, vamos dominar a operação dos equipamentos e identificar detalhes que precisam ser vistos antes de um grande evento como a Copa”, destaca o major.

Os caminhões possuem câmeras com tecnologia de infravermelho, televisores e telefones e terão geradores de uma rede sem fio (wi-fi). Eles também são adaptados com sistemas de comunicação, videomonitoramento e de gestão de eventos. “Trata-se de uma plataforma elevada que nos permitirá observar toda a movimentação dos locais de aglomeração de pessoas. Como têm rádios integrados com as viaturas, podemos repassar as situações e agir de maneira bem rápida em qualquer circunstancia identificada”, explica o major Robson.

Nos quatro locais do litoral escolhidos para receberem os caminhões durante o Carnaval haverá uma parceria com as prefeituras para que as câmeras da cidade possam ser integradas aos Centros de Comando e Controle Móveis. “Além da parceria com as prefeituras, temos parceria com Copel, Sanepar e com outras forças de Segurança Pública como a Polícia Federal e a Guarda Municipal”, conta.

Antes do Carnaval os caminhões serão levados novamente ao litoral para serem feitos os ajustes necessários. “Assim, nos dias de folia estaremos preparados e em pleno funcionamento”, garante o major. Os caminhões foram testados e os policiais capacitados de quinta-feira (06/02) a domingo (09/02).

Os pescadores de Shangri-lá

Com pesca autorizada apenas a 2,4 quilômetros da costa, profissionais reconhecem que às vezes é preciso driblar a legislação. Foto: Gerson KlainaPreservar é preciso, mas sobreviver se faz necessário. Na Colônia de Pescadores de Shangri-lá, em Pontal do Paraná, ao mesmo tempo em que se percebe o bom conhecimento sobre a legislação que regulamenta a atividade pesqueira na costa brasileira, nota-se um certo desdém de quem sente a sua realidade ser ignorada pelos autores de tais restrições.
O camarão sete-barbas é um dos grandes motivos de descontentamento com a pesca autorizada somente a partir de 1,5 milha (2,4 quilômetros) da costa. “Não existe camarão nessa distância. Ele fica mais próximo da costa ou em mar aberto, mas daí fica inviável para a pesca artesanal”, explica o presidente da Colônia de Pescadores de Shangri-lá e pescador há quase 50 anos, Rubens Marcelino da Veiga, o Rubinho.
Ele conta que um meio termo seria liberar parte dessa primeira faixa de costa para a pesca com rede, proibindo o arrastão que pega os camarões em desenvolvimento. “Da forma como é hoje, o litoral do Paraná acaba servindo de berçário desses camarões que são pescados pela pesca industrial de Itajaí (SC)”, avalia.
E a insatisfação somada a uma fiscalização deficiente por falta de efetivo acaba levando muitos pescadores a driblarem a lei. “Antes de março, o mar dá sete-barbas, pescadinha, cação e linguado, e o pescador vai para o mar naqueles horários em que não tem fiscalização”, reconhece Rubinho.
Nas bancas de venda do Mercado de Peixe de Shangri-lá é fácil perceber que o recurso é utilizado pela maioria dos pescadores. “O camarão sete-barbas é um dos produtos mais procurados na temporada”, atesta o pescador João Donato, também com mais de meio século como profissional da pesca.
Outro sinal de que a fiscalização é frágil ocorreu durante a entrevista. Enquanto os Caçadores de Notícias conversavam com os pescadores, uma embarcação chegou trazendo uma raia manteiga que veio carregada no arrastão. O animal estava vivo, mas não havia nenhuma autoridade para garantir que ele seria devolvido ao mar.
Preservação

O pescador Jair Gonçalves Tavares conta que se esforça para preservar. “Pesco na faixa autorizada, até porque precisamos preservar, do contrário nossos filhos não terão o que pescar”, pondera.
O engenheiro de pesca da Emater em Paranaguá, Astrogildo Melo, a experiência das colônias de pescadores começam a fazer eco no governo federal, especialmente no Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e da Pesca. “Entender a dinâmica das espécies marítimas de acordo com as diferenças da costa marítima de cada estado, bem como observar com atenção a vivência e o conhecimento armazenado pelas colônias de pescadores já têm sido realidade nesses ministérios”, informou.
Camarão branco e turismo
Ao contrário do sete-barbas, o camarão branco, principalmente na safra deste ano, deixa os pescadores paranaenses animados. “O tempo foi perfeito para não destruir as larvas. Devemos ter em março uma super produção”, prevê Rubinho.

E essa expectativa reforça ainda mais outra reivindicação dos pescadores, a ampliação do Mercado de Peixe de Shangri-lá. O presidente do mercado, José Aparecido da Silva, mais conhecido por Zé do Zuca, diz que o governo estadual nunca fez nenhuma melhoria no local, que é um ponto turístico do litoral. “A cobertura foi investimento da prefeitura e as bancas foram construídas pelos pescadores. Temos um bom público, mas é importante melhorar as instalações, principalmente, os lugares para abrigar os visitantes”, defende.
Quanto a essa reivindicação, a única promessa de ampliação diz respeito à prefeitura de Pontal do Paraná, que, de acordo com a assessoria de imprensa, tem um plano para 2014 de criar um grande mercado de peixe para o município.

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Homem tenta matar ex-mulher e acaba preso pela PM com munições para fuzil em Paranaguá

Policiais militares atuantes na “Operação Verão Paraná 2013/2014” prenderam um homem de 43 anos, suspeito de tentativa de homicídio contra a ex-mulher na madrugada desta segunda-feira (10/02), no município de Paranaguá (PR), no litoral do Paraná. Após fugir da PM, ele foi preso durante a manhã e na casa dele foram apreendidas mais de 100 munições de calibre 762 (calibre de fuzil) e de calibre 22.
Segundo informações da PM, os policiais receberam informações de que o homem teria tentado matar a ex-mulher num bar durante a madrugada. Ele teria feito disparos contra ela e a agredido com um facão. O suspeito fugiu do local e a vítima foi hospitalizada. Os policiais iniciaram as buscas pelo suspeito, que foi encontrado já durante a manhã.
Por volta das 9h30, os policiais receberam informações por meio do telefone 190, relatando que a filha da vítima teria visto o homem em sua casa no bairro Porto Seguro. Uma equipe foi até o local e abordou o homem. “Ele ainda tentou fugir, mas conseguimos detê-lo. Durante a revista na casa, encontramos 81 munições para calibre 765 e 22 para calibre 22, além do facão e de uma garrucha, que possuía 10 munições”, disse um PM.
Indagado sobre o paradeiro das armas, o homem disse aos policiais que havia deixado a arma usada no crime em uma casa no Parque Agari. A equipe deslocou-se até a casa e localizou a arma calibre 22. Após a apreensão, os policiais verificaram a documentação dele e constataram que um Mandado de Prisão por lesão corporal estava em aberto.
Ele foi preso e encaminhado até a delegacia de Paranaguá (PR), para que as medidas necessárias fossem tomadas.

Rápida ação da PM no litoral prende trio durante roubo, liberta vítima feita de refém e recupera R$ 80 mil


Três homens foram presos na manhã desta segunda-feira (10/02), em Matinhos (PR), litoral do estado, após terem entrado em uma casa e feito o proprietário refém. Os envolvidos estavam fugindo no carro da vítima quando foram abordados por policiais militares atuantes na “Operação Verão Paraná 2013/2014”. Na ação uma arma de fogo foi apreendida, além do carro e da quantia de R$ 80 mil serem recuperados.
Os policiais receberam a informação de que um roubo estaria ocorrendo no Balneário Etiene, onde três pessoas encapuzadas teriam feito o dono de uma casa de refém. “As equipes se deslocaram até o local, por volta das 10h15, onde encontraram os suspeitos na garagem da residência, dentro do carro da vítima, prontos para fugirem”, conta a aspirante Anne Louise Prestes Serpe, que participou da ação.
Segundo a aspirante Serpe, os policiais deram voz de abordagem e localizaram com os três envolvidos um revólver calibre 22, com número de registro suprimido, nove munições intactas e uma deflagrada, além de uma faca modelo de pesca que pertencia à vítima.
“Durante buscas no interior da casa, a vítima encontrava-se amordaçada e amarrada com fitas adesivas, a qual relatou ter sofrido ameaças, além de chutes e socos, sendo obrigada a entregar R$ 80 mil aos suspeitos entre outros objetos”, explica a aspirante Serpe.
Os três homens, com idade aproximada de 30 anos, foram conduzidos, juntamente com a arma de fogo e os objetos roubados, à Delegacia de Matinhos para serem tomadas as medidas cabíveis ao caso.

Professora da UFPR Litoral é morta a facadas

jussara-rezende-araujoJussara Rezende Araújo, professora da UFPR Litoral, foi morta a facadas, por volta das 21h30 desta segunda-feira (10), na rua Guarapuava, em Caiobá, Matinhos.
O filho Matheus Araújo Bertone é apontado como o autor do crime. Ele teria desferidso duas facadas na mãe durante uma discussão.
 
O corpo foi encaminhado ao Instituto Medico Legal de Paranaguá. O filho foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de Matinhos.
 
Jussara tinha 58 anos e nasceu em Londrina. Era jornalista e foi atuante na imprensa alternativa que nas décadas de 1970 e 1980 fazia oposição à ditadura militar.
  
NOT-apos-discussao-menor-mata-o-pai-a-facadas-e-e-apreendido13409706391-300x202Era coordenadora do curso de Licenciatura em Artes onde também atuava como professora das unidades curriculares Projetos de Aprendizagem, Trabalho de Conclusão de Curso, Apreciação dos Saberes Artísticos, e Interações Culturais Humanísticas. Colaborava também como os cursos de especialização em Educação Ambiental e Questão Social.
 
O velório será realizado no Centro Cultural da UFPR Litoral, a partir das 17h.
 
Fotos: Currículo Lattes (Jussara) e blog Miro Ferraz News (faca)

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Acidente na BR-277 interdita pista no sentido Curitiba-Litoral

Um acidente entre três caminhões no quilômetro 38 da BR-277, que vai de Curitiba ao litoral do estado, causou a interdição total da pista por volta das 20 horas desta quinta-feira (6), segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Não há previsão de quando o trecho será liberado.
A polícia informou que o motorista de um veículo com um carregamento de soja morreu no local ao colidir com a traseira de outros dois caminhões que carregavam contêineres. De acordo com a PRF, um dos contêineres se desprendeu e caiu sobre a cabine do motorista.
Este é o segundo caminhoneiro que morre na BR-277 em menos de 24 horas, conforme afirmou um dos policiais do Posto Vanzer, responsável pela fiscalização do trecho. Em torno das 5 horas da manhã desta quinta, um caminhoneiro de 25 anos faleceu no quilômetro 35 da BR-277.
Filas
De acordo com a polícia rodoviária, por volta das 20h10 a pista já apresentava uma fila de cerca de três quilômetros. Entretanto, as 21h30 havia poucos veículos no trecho, conforme a polícia.

Força Tarefa apreende 1kg de cocaína durante ação no litoral

Após receberem informações, policiais efetuaram, na tarde desta terça-feira (04/01), em Paranaguá (PR), litoral do estado, a apreensão de 1kg de cocaína. A situação, que teve início em Curitiba (PR), capital do estado, foi desencadeada por policiais militares e federais, integrantes da Força Tarefa.
“Recebemos a informação de que duas pessoas sairiam de Curitiba (PR), capital do estado, e seguiriam para Paranaguá transportando entorpecente. A partir de características dos suspeitos realizamos um monitoramento na Rodoviária de Curitiba e verificamos quando os dois suspeitos embarcaram em um ônibus sentido litoral do estado”, explica o capitão Alexandre Lopes Dias, representante da PM.
De acordo com o capitão Alexandre, ao descerem do ônibus em Paranaguá os suspeitos foram abordados e com ele localizado um quilo de cocaína. Os dois homens, com idade aproximada de 40 anos e moradores de Paranaguá, foram conduzidos, juntamente com a droga apreendida, à Delegacia da Polícia Federal para serem tomadas as providências necessárias.

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Governo federal prevê licitação da dragagem em Paranaguá até julho

A licitação para a dragagem de aprofundamento do Canal da Galheta, que dá acesso ao porto de Paranaguá, está prevista para sair ainda no primeiro semestre deste ano, de acordo com a Secre­taria Especial de Portos da Presidência da República (SEP). Para que o processo seja iniciado, o órgão aguarda apenas a emissão da licença de instalação da obra, o que deve ser feito pelo Ibama até julho. O investimento, estimado em R$ 146 milhões, deve liderar a lista de obras previstas para o porto neste ano.
A dragagem é aguardada há anos por Paranaguá. Atualmente, a profundidade do canal que dá acesso até os berços de atracação varia de seis a 15 metros em alguns trechos. Com a obra, todo o percurso ficará com 16 metros de profundidade e a bacia de evolução passará a ter 14 metros.
No início do ano passado, a Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) esperava que a licitação da obra saísse ainda em 2013. No entanto, o investimento foi o único que não saiu do papel.
Com a nova Lei dos Portos, aprovada em junho, o processo ficou concentrado na secretaria do governo federal. Segundo a SEP, o atraso não se deu em função da nova regra e o projeto da dragagem já está em fase de preparação do edital e termo de referência para contratação da execução da obra.
A administração local do porto também garante que está realizando alguns estudos para que o novo prazo seja respeitado. “No que cabe a nós, estamos encaminhando os estudos de componente indígena e de arqueologia marítima”, explica o superintendente da Appa, Luiz Henrique Dividino.
Para depois
No entanto, mesmo que o trâmite burocrático comece a se desenrolar ainda em julho, a escavação só começaria, na prática, no ano que vem, com conclusão prevista para 2016. “Uma obra dessas é bastante complexa e o processo de licitação como este dura pelo menos seis meses”, afirma Dividino.
De acordo com o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) – que está registrado no Ibama desde 2009 –, a retirada dos mais de oito milhões de metros cúbicos de sedimentos deve durar outros doze meses.
Pendências
Segundo os registros do Ibama, no entanto, o órgão ainda aguarda a adaptação de alguns estudos para que a licença definitiva seja concedida. O último documento do processo, publicado em outubro do ano passado, lista algumas pendências do Plano Básico Ambiental do projeto.
Entre os requisitos pedidos pelo instituto estão o detalhamento das características técnicas das dragas que serão usadas na obra e maiores informações de programas compensatórios.
De acordo o superintendente da Appa, as condições estão sendo atendidas. “Somos referência em algumas medidas ambientais e todo o processo está encaminhado”, afirma Dividino.
Concorrente, Porto de Itapoá quer quadriplicar operação
A cerca de 80 quilômetros de distáncia de Paranaguá, o Porto de Itapoá anunciou R$ 500 milhões em investimentos até 2015. Segundo estimativas do próprio terminal privado, a pretensão é ampliar a capacidade de movimentação para 2 milhões de TEUs (unidade padrão de contêineres de 20 pés) ao ano – hoje o porto estima que a movimentação seja de 500 mil TEUs.
Os três grupos de acionistas que detém o terminal ainda não finalizaram o projeto, que prevê um pátio de 450 mil metros quadrados e um berço de atracação de 1,2 mil metros.
O pedido para ampliação de Itapoá foi protocolado na Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários) no final do ano passado e o Ibama já autorizou a obra.
O início da ampliação está previsto para o segundo semestre deste ano, mas ainda depende de uma formula para a captação dos recursos.
A iniciativa, no entanto, não deve tirar cargas do Ter­minal de Contêineres de Paranaguá (TCP). Depois de uma obra de ampliação finalizada em 2013, o terminal paranaense ampliou sua capacidade de movimentação para 1,5 milhões de TEUs ao ano.

Homem com dois mandados de prisão em aberto é preso pela PM com arma de fogo e maconha

Em continuidade a uma situação de roubo ocorrida dias antes, policiais militares do 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM), atuantes na “Operação Verão Paraná 2013/2014”, efetuaram a prisão, neste sábado (01/02), de um homem que estaria envolvido na situação. Na ação, que ocorreu em Matinhos (PR), litoral do estado, uma arma de fogo e 180 gramas de maconha foram apreendidas.

“Estávamos dando continuidade a uma situação de roubo, ocorrida na quinta-feira (20/01), quando através do rastreador de um dos celulares roubados localizamos uma residência no balneário de Perequê, onde estaria um dos envolvidos”, explica o capitão César Kamakawa, Comandante da 2ª Companhia do 9º BPM.

Os policiais se deslocaram até o local, por volta das 21h, onde encontraram os objetos roubados dias antes, os pertences da vítima, uma pistola calibre 380 com dez munições intactas e 180 gramas de maconha.

Segundo o capitão Kamakawa, o suspeito possuía dois mandados de prisão em aberto, sendo um deles por tráfico de drogas. O homem foi levado, juntamente com a arma de fogo, a droga e os objetos roubados recuperados, à Delegacia de Polícia de Matinhos para serem tomadas as providências cabíveis ao caso.

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Fim de semana tem calor e várias opções de lazer no litoral

O primeiro fim de semana de fevereiro será de calor no litoral. A temperatura, que deve chegar a 36ºC no sábado em Matinhos e Guaratuba, permanece elevada no domingo. Existem possibilidades de pancadas de chuva no sábado (1º) e no domingo (02).
Nas estradas, apesar de já apresentar queda, o movimento continua intenso no litoral no sábado (01) e domingo (02). A previsão da Ecovia, concessionária responsável pelo trecho Curitiba - Litoral da BR 277, é de que 120 mil veículos circulem durante o período. O maior pico de movimento deve acontecer no sábado entre 9h e 11h, com a passagem de 1,5 mil carros por hora.

Programação nas praias
Para quem quer aproveitar as atrações do litoral paranaense, shows, esportes e festas fazem parte da programação do fim de semana. Confira os shows e eventos do litoral do Paraná no primeiro fim de semana de fevereiro:
Show Capital Inicial
Quando: 01 de fevereiro, sábado
Local: Café Curaçao, Av. Brejatuba, 500, Guaratuba
Quanto: ingressos a partir de R$ 43, a venda no Disk Ingresso
Festa Caiu a Ficha! Karol Conká e Dj´s Ploc e Popson
Local: Hyddra Concept Lounge, Rua Alvorada, 600, Caiobá

Quanto: ingressos: a partir de R$ 23, a venda no Disk Ingresso
Feminino – R$38,00 (inteira) e R$23,00

12ª Festival do Caranguejo de Shangri-lá
Quando: de quinta-feira (30 de janeiro) a domingo (02 de fevereiro)
Local: Praça Central do Balneário Shangri-lá, Pontal do Paraná
Quanto: a dúzia de caranguejo custa cerca de R$30. São servidas também porções de frutos do mar.
Programa Mais Verão
Quando: de sexta-feira, 31 de janeiro, a domingo, 02 de fevereiro
Local: Pontal do Sul
Quanto: entrada franca
Informações: organizado pela prefeitura, as atividades incluem vôlei de praia, aulas de ginástica e aeróbica, futebol de areia, apresentação de dança e de bandas, reallização de exames de saúde.

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Festival do Caranguejo começa nesta quinta-feira (30) em Pontal do Paraná

Se existe um prato que bem define o verão no litoral paranaense, é a caranguejada. E, como é tradição em janeiro, começa hoje o Festival do Caranguejo na praça central de Shangri-lá, balneário em Pontal do Paraná. Até domingo, barraquinhas servirão porções do crustáceo por preços a partir de R$ 45 (a dúzia). A festa é uma iniciativa dos pescadores da região e chega sua 12.ª edição com apoio da prefeitura do município.
Neste ano, os caranguejos vêm vivos exclusivamente da Ilha Rasa e do Parque Nacional do Superagui, já que os de Paranaguá (usados em eventos anteriores) não estavam grandes o suficiente para serem capturados. A expectativa da secretaria é vender 2,5 mil dúzias durante os quatro dias de evento. “A maioria dos nossos visitantes é do Estado. Esperamos entre 40 e 45 mil pessoas”, calcula Sérgio Cioli, secretário de desenvolvimento de Pontal do Paraná.
As iguarias poderão ser apreciadas em cinco barraquinhas gastronômicas. Elas servirão o caranguejo “uçá” preparado com carapaça ou sem. “É obrigatório oferecer dos dois jeitos. Além disso, cada barraqueiro levará outros pratos”, explica Waldir Klhen, um dos organizadores do festival. Em todas as barracas, a dúzia com carapaça custará R$ 45 e a sem, R$ 50.
Klhen participa do evento todos os anos com a barraca Toca do Caranguejo, que servirá o crustáceo com farinha fina de Morretes, vinagrete e caldo de feijão. Ele oferecerá também porções de camarão, marisco, ostra, isca de peixe e um prato, feito para duas pessoas, com posta de peixe do dia ou camarões à milanesa com arroz, salada e batata frita (R$ 25).
“Cada vendedor tem um segredo no tempero”, diz Eliane Cooper, que participa há cinco anos com uma barraca da Associação da Melhor Idade Pérolas do Litoral. “Nós temperamos com ervas frescas, como alfavaca, cebolinha e salsinha, e servimos com quatro molhos: rosé, tártaro, vinagrete e caldo de feijão”, completa. Em seu ponto de venda haverá porções de camarão, lula ou peixe à milanesa e panqueca de siri e de camarão.
Até o fechamento desta edição não havia sido definido se será possível comprar as dúzias do crustáceo vivo para levar para casa.
Atrações
Em todas as noites haverá shows nacionais com apresentações de MPB, pop e samba de gafieira. A entrada é franca para os quatro dias do festival: hoje, a abertura é às 16 horas e nos dias seguintes, às 11 horas.