sábado, 30 de abril de 2016

PM cumpre ordem de reintegração de posse em terreno de Antonina

Reintegração de posse em Antonina


BandaB - A Polícia Militar cumpriu uma ordem de reintegração de posse em Curitibaiba, em Antonina, na manhã desta quinta-feira (28).  A área de propriedade particular conta com 67 unidades de habitação irregulares, entre pequenas casas já estruturadas e barracos. A ação policial foi comandada pelo 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM), pertencente ao 6º Comando Regional da PM (6º CRPM). A desocupação é pacífica e nada de ilícito foi encontrado com as pessoas até o momento.

A leitura do mandado judicial, expedido pela Comarca de Antonina, foi feita por volta das 8h30 pela oficial de justiça designada à liderança da área a ser reintegrada. No local, no momento da chegada das equipes, foram encontradas aproximadamente 10 pessoas, outras começaram a chegar no local após um tempo.
O proprietário do local deixou um ônibus à disposição das pessoas que não tivessem condições de se deslocarem a outros lugares. Foi dado ainda tempo para as pessoas retirarem seus pertences do local e esse tempo ainda está em vigor. “A operação deve seguir até às 18 horas enquanto houver desmanche dos barracos. As pessoas que desmontarão suas habitações preencheram um questionário dizendo o que tem na casa e podem levar seus pertences. Também é permitida a entrada de caminhões e outros carros no terreno para a retirada dos objetos das pessoas”, destaca o Comandante da operação de reintegração e Comandante da 3ª Companhia do 9º BPM, capitão Cristiano Stocco Rosa.
Participam da ação de apoio à justiça, comandada pelo 9º Batalhão da Polícia Militar, policiais desta unidade, do 22º e 17º Batalhões da PM, todos pertencentes ao 6º Comando Regional (6º CRPM). Também estão em apoio aos trabalhos o Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA), o Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) e o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv).

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Dia D da vacinação contra a gripe H1N1 é neste sábado em Paranaguá

A Prefeitura de Paranaguá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), informa que neste sábado, dia 30, acontece o Dia D, para vacinação contra a H1N1.
A população pode se vacinar nas Unidades Básicas de Saúde, e na sede da secretaria, na Avenida Gabriel de Lara, das 8h às 17h, com exceção das Unidades que atendem 24 horas.

A meta é vacinar em torno de 35.384 pessoas que residem em Paranaguá, sendo 3.600 crianças de 06 meses a 2 anos, 6.738 crianças de 02 anos a 4 anos 11 meses, 2.121 trabalhadores da área da saúde, 1.800 gestantes, 296 puérperas (mulheres com 45 dias após dar a luz), 33 índios, 12.727 pessoas acima de 60 anos, em torno de 7.956 pessoas com comorbidades, 104 pessoas privadas de liberdade e 09 funcionários do sistema prisional.

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Pontal Notícias cria Equipe de Surf para ajudar atletas

Foi fundada nesta terça, 26 de abril, a Equipe Shangri-lá Storm, uma equipe de surfistas que sempre participam de campeonatos, mas que precisavam de uma iniciativa. O Blog Pontal Notícias, sob a direção de Henrique Gonzalez, vai dar o primeiro investimento na equipe, ajudando a estruturar a carreira dos atletas do Surf. Segundo Henrique, ``é motivo de orgulho ajudar na carreira desses atletas que lutam para vencer os campeonatos, mas não recebem a atenção necessária, por isso o Pontal Notícias vai cooperar no crescimento deles.´´ Não é a primeira vez que o Pontal Notícias ajuda no esporte pontalense. O portal de Notícias do litoral já patrocinou a equipe de basquete do Colégio Maria Helena, de Shangri-lá, que acabou vencendo as fases municipal e regional dos Jogos Escolares de 2014.

Confira a programação de aniversário de Guaratuba – 245 anos

2016042612005926/04 – 20:00 horas – Culto em homenagem aos 245 anos do município – Igreja Sagrada Família – Rua União da Vitória, s/n – Bairro Canela.
27/04 – 15:00 horas – Inauguração do posto de saúde “Lauri Salles” – Bairro Piçarras.
28/04 – 10:00 horas – Inauguração das novas instalações do serviço de convivência e fortalecimento de vínculos – Crianças e Adolescente – Local : Av. Damião Botelho de Souza, N: 2010 – Bairro Piçarras.
28/04 – 19:00 horas – Missa de ação de graças em comemoração aos 245 anos de Guaratuba – Igreja São José Operário – Bairro Piçarras.
29/04 – 06:00 horas – Alvorada Matinal
29/04 – 08:00 horas – Hasteamento do Pavilhão nacional – Praça da Paz, em frente ao ginásio de esportes José Richa.
29/04 – 08:30 às 18:00 horas – Torneio de Vôlei de praia – Praia Central.
29/04 – 09:30 horas – Desfile cívico escolar – Av. 29 de Abril.
30/04 – 07:00 horas – 1° Festival de corrida rústica “Aniversário de Guaratuba – 245 anos” – Praia Central (Orla Marítima).
30/04 – 08:00 às 18:00 horas – Torneio de Handebol e Futebol de Areia – Praia Central (Orla Marítima).

terça-feira, 19 de abril de 2016

Morre Gimenes, ex-prefeito de Pontal do Paraná

Ocorreu no começo da tarde desta terça-feira (19), o falecimento do ex-prefeito de Pontal do Paraná, Rudisney Gimenes, aos 66 anos, natural de Mandaguari -PR.  Ele era médico formado pela Universidade Evangélica de Medicina. Gimenes lutava contra um câncer desde que deixou a prefeitura, em 2012. Ele governou Pontal do Paraná de 2005 a 2012. Disputou quatro eleições na cidade, venceu duas vezes. O local do velório e sepultamos será no Cemitério Parque Iguaçu, em Curitiba. A equipe do Pontal Notícias envia seus pêsames à família enlutada.

quinta-feira, 14 de abril de 2016

Cachorro impede fuga de presos em Pontal do Sul

(Foto: Divulgação / Polícia Civil) - Cachorro impede fuga de presos em Pontal do SulMassa News- A tentativa de fuga de alguns presos da carceragem de Pontal do Sul, foi frustrada pelo cão de guarda que mora no local. Braw, como foi batizado pela equipe, chamou a atenção dos agentes da carceragem, que flagraram a ação dos detentos.
De acordo com um plantonista da cadeia, que preferiu não se identificar, a tentativa de fuga aconteceu por volta de 23h30 de terça-feira. “Os presos de uma das galerias estavam agitados porque um deles estava passando mal. Mas era só para distrair o serviço, na outra galeria os presos estavam cavando um buraco para fugir”, contou.
Quem atraiu a atenção dos agentes para a tentativa de fuga foi Braw. “A equipe notou pelas câmeras de segurança nos fundos da carceragem que o cachorro estava agitado demais, olhando para o chão e tentando cavar. Foi então que perceberam que tinha gente tentando sair pelo buraco no chão”, disse. Ele reconhece que provavelmente os presos teriam conseguido fugir se o cachorro não tivesse agido. “O cachorro ajudou muito”.
Braw é um filhote que está na carceragem há aproximadamente quatro meses. Esta não foi a primeira vez que ele entrou em ação junto com a equipe. O cachorro também evitou que os presos recebessem materiais jogados de fora da carceragem. “Ele é dócil e brincalhão, mas na hora de lidar com bandido é mais afoito”, disse o plantonista.

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Reunião emergencial do CONSEG de Pontal é realizada

Uma reunião emergencial do CONSEG (Conselho de Segurança de Pontal do Paraná), foi realizada nesta segunda (11) nas dependências da ACIAPAR (Ass. Comercial de Pontal) em Praia de Leste. A reunião contou com representantes da Polícia Civil e Militar, Guarda Municipal, Maçonaria, integrantes do Capítulo Templários do Atlântico Nº 901, Guarda Mirim, empresários e imprensa.
Delegado DR. Cássio André Dias Conceição
Na fala, o Vereador André Camargo destacou assuntos relacionados a segurança numa conversa com a Delegada Dra. Márcia Tavares e Tenente Coronel Nelson Ademar Piske em Curitiba.
O Secretário de Direitos Humanos, e responsável pela Guarda Municipal, Nelson Lorençone, disse que a Guarda de Pontal deve ser uma das poucas Guardas existentes no País com investimentos próprios do município.
Tenente Kamakawa
O Capitão Cesar Kamakawa comandante da 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM), pertencente ao 6º Comando Regional da PM (6º CRPM), salientou a importância da participação da população no combate ao crime, seja por denúncias anônimas pelo Disk-Denúncia 181 e outros meios de comunicação.
O delegado da Polícia Civil, responsável pelas cidades de Pontal e Matinhos, Dr. Cássio André Dias Conceição destacou que não vem sendo fácil o trabalho da Polícia nas cidades, e que as pessoas não podem ter medo de denunciar casos de roubos, furtos, tráfico de drogas e outros casos. Logo após as falas das autoridades, foi realizada um ciclo de perguntas feitas pelos moradores de várias localidades do município e muitos salientaram que está ocorrendo uma onda desproporcional de furtos e roubos na cidade, e que muitos moradores vizinhos não estão fazendo Boletim de Ocorrências dos fatos, assim não entrando nas estatísticas da Polícia. Houve várias perguntas e sugestões para as autoridades no objetivo de resolver o problema de segurança em Pontal do Paraná.



domingo, 10 de abril de 2016

Advogado morre após fatalidade na llha do Mel

ilhaUma tragédia aconteceu na noite deste sábado (9) em Nova Brasília, na Ilha do Mel. O advogado e empresário Gennaro Cannavacciuolo, de 46 anos, morreu após escorregar no trapiche e cair justamente contra a hélice do motor de sua lancha, no momento em que embarcava para retornar da Ilha.
Segundo o soldado Rodrigues, da Polícia Ambiental, a tragédia aconteceu por volta das 21h30. “O trapiche estava liso e ele escorregou. A informação é que tinha passado o dia aproveitando a ilha e aconteceu essa fatalidade”.
Ainda de acordo com o soldado, a vítima não morreu devido ao afogamento. “Ali é um ponto com profundidade pequena e a vítima era mergulhadora, tinha inclusive equipamentos para isso. Os ferimentos dão conta que morreu por ter batido justamente na hélice”, lamentou.
O corpo de Cannavacciuolo, que é morador em Curitiba, foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

sexta-feira, 8 de abril de 2016

Grupo se organiza para combater bandidos por conta própria em Pontal do Paraná

Colaboração / Paraná PortalParaná Portal: Moradores de Pontal do Paraná, se organizaram para combater por conta própria os furtos e roubos na cidade. Desde o fim da temporada de verão, o grupo denuncia uma onda de crimes em sequência. Em um dos dias da semana passada, segundo relatos de moradores em audiência pública na Câmara Municipal nesta semana, dez casas foram arrombadas em uma noite.
O inspetor de seguros Valdecir Matias afirma que organizou um grupo para combater os assaltantes. Segundo ele, a polícia não atende as ocorrências. “Começamos a juntar os boletins de ocorrência, criamos um grupo no Whatsapp para nos protegermos. Quando um souber de uma movimentação estranha, ou movimento em alguma casa, para o pessoal se reunir e tentar pegar os bandidos. Não conseguimos capturar nenhum, mas… E os roubos continuam”, reclama.
Providências
Os moradores seguiram todos os caminhos recomendados. Foram à delegacia. registraram as ocorrências em série: pediram uma audiência pública na Câmara Municipal. realizada na terça (5); e encaminharam ofício ao Conselho de Segurança de Pontal do Sul (balneário de Pontal do Paraná). Segundo o grupo, nenhuma medida foi tomada. Depois que se organizaram. os moradores inclusive apontaram suspeitos dos roubos. “Todos sabem quem são”, diz Matias.
Outra moradora, que pediu para não ser identificada, confirma que todos sabem quem são os assaltantes. “Antes a gente sabia de um roubo esporádico, em outro mês outro (roubo), mas não como está acontecendo agora. Tem casas sendo arrombadas, tanto de moradores quanto de veranistas. A gente quem está fazendo isso. Aqui é muito pequeno, todo mundo se conhece”, afirma.
Comunidade
O Conselho Comunitário de Segurança do Município de Pontal do Paraná (Conseg/Pontal) respondeu aos moradores em uma carta dizendo que as polícias, Civil e Militar “pouco fazem para resolver a situação”. Segundo o Conseg, a maioria das viaturas está parada.
A nota afirma que boa parte do efetivo da Policia Civil do município esta lotada na carceragem de Pontal do Sul cuidando de vinte presos, o que não é função da polícia.
O Conseg/Pontal afirma que “paga provisoriamente para que uma pessoa ajude o delegado na tramitação dos inquéritos junto à Delegacia de Ipanema”.
Nesta semana, o conselho começou a coletar assinaturas para um abaixo assinado que será entregue ao governador Beto Richa (PSDB) e ao secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná (Sesp-PR), Wagner Mesquita.
Os moradores organizam uma manifestação para sábado desta semana e terça-feira da semana que vem. As vias mais movimentadas da cidade devem ser bloqueadas.
“Vamos fechar na terça-feira (12), que tem movimento da Techint. Quando parar a Techint vão começar a olhar para nós”, conclui o morador.
A Polícia Militar afirma que o município conta com viaturas e que existe patrulhamento de rotina na região. A PM afirma que continua à disposição por meio do número 190 para atendimento de ocorrências 24 horas por dia. Depois da reportagem, uma reunião foi marcada, entre um tenente da PM e os moradores, para discutir a segurança.
Em nota, a Polícia Civil afirma que a população do litoral a comparecer na delegacia para registrar os Boletins de Ocorrências referentes aos furtos e roubos, para que a autoridade policial tenha conhecimento dos fatos. Os moradores encaminharam à reportagem, pelo menos dez boletins registrados nas últimas duas semanas. A Polícia Civil não informou o número de ocorrências registradas nas últimas semanas.
Sobre a superlotação da carceragem de Pontal, e o fato de policiais civis estarem cuidando dos presos, a Secretária de Segurança e Administração Penitenciária, a direção da Polícia Civil e o Departamento de Execução Penal (Depen), afirmam que estão cientes do problema nas delegacias do Estado.
Segundo a nota, é importante salientar que já houve avanços: no início de 2011 a Polícia Civil gerenciava em torno 14 mil presos e hoje o número é de aproximadamente 9.500 detentos. Semanalmente, o Comitê de Transferência de Presos, que conta com representantes do Poder Judiciário e do Ministério Público, autoriza a transferência de presos de delegacias para o sistema prisional. No entanto, as vagas só são abertas com a saída de presos e, para isso, é preciso autorização do Poder Judiciário.

Shangri-lá sediará etapa do Cicuito de Surf este fim de semana

 O Vida Marinha PRO-AM de Surf 2016, etapa do Circuito Paranaense de Surf vai acontecer no Balneário Shangri-lá, nos dias 09 e 10 de abril e valerá 1000 pontos no ranking paranaense nas categorias Profissional, Feminino , Junior, Mirim, Iniciante, Infantil, Master, Curitiba e Universitário. Também está confirmada a modalidade Longboard, que já tinha acontecido de forma especial na primeira etapa do Circuito, realizada em Ipanema no mês de Janeiro. Sábado à noite acontece a Festa Oficial do Campeonato no Aloha Beach Bar, no Balneário de Shangri-lá.

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Droga e armas são apreendidas em ação policial

Numa tentativa de abordagem, ocupantes de veículo C3, placas ASK-4885, de Curitiba, desceram atirando contra os Policiais Militares, no KM 11 da BR-277.
Após o confronto, um integrante da quadrilha baleado e encaminhado para o Hospital Regional do Litoral, quatro detidos e duas pistolas apreendidas. Nenhum policial ferido.
Quadrilha já possui histórico por roubos, sequestros e tráfico de entorpecentes.
Ação conjunta entre o 9º BPM, Força Tarefa do Departamento de Inteligência do Estado do Paraná e Santa Catarina.
Detidos e materiais foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Paranaguá para as providências necessárias.

terça-feira, 5 de abril de 2016

Projeto da BR-101 no Paraná volta à estaca zero

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2016/04/04/VidaCidadania/Graficos/Vivo/br-101-projeto-parana copiar.pdfGazeta do Povo- A intenção de construir uma rodovia ligando os principais pontos do Litoral do Paraná ficou mais distante de se tornar realidade depois que a única empresa interessada em fazer o projeto desistiu da empreitada. O governo estadual publicou em diário oficial uma convocatória para estudar a viabilidade da “BR-101 paranaense”. O traçado começaria na divisa com Santa Catarina, formando um entroncamento com a BR-376, rasgaria toda a Serra do Mar, criando uma rota alternativa para a BR-116. O trecho conectaria os portos (inclusive o de Pontal, que ainda está sendo planejado).

O governo pretendia fazer uma Parceria Público-Privada (PPP) e era necessário convocar o chamado Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI), quando as empreiteiras financiam o estudo e projetos de engenharia. Depois, haveria uma licitação para escolher a empresa que faria a obra e teria o direito de explorá-la. Seria cobrado pedágio para trafegar no trecho, mas o governo estadual subsidiaria parte das despesas, para que as tarifas não ficassem tão caras.
A empresa Planos Engenharia, de São Paulo, foi a única que se candidatou para realizar o projeto. Contudo, no final de março, comunicou a desistência ao governo estadual, alegando que não reuniu investidores para financiar o estudo. A obra ainda não tem previsão de custo, mas ultrapassaria a casa de R$ 2 bilhões. A BR-101 cruza o Brasil de Norte a Sul e é interrompida no Parará. A proposta de fazer uma nova rodovia no Litoral vem sendo discutida há muitos anos, mas devido ao grande impacto ambiental na Serra do Mar e ao altíssimo custo ainda não foi realizada.

sábado, 2 de abril de 2016

Dois presos em Antonina após roubo a Malote

Informações da 3°CIA- Por volta das 15h30 do dia 1º de abril de 2016, uma funcionária da casa lotérica de Antonina foi surpreendida por indivíduos que ocupavam um veículo preto no momento em que desembarcava do carro próximo a agência da Caixa. Três indivíduos armados deram voz de assalto à mulher, ordenando-lhe que jogasse o malote em sua direção.
De posse do malote, os autores do roubo saíram em alta velocidade com o veículo Peugeot 308 de cor preta placas BMC 1087.
Policiais Militares de Antonina foram imediatamente informados sobre o roubo e juntamente com Policiais Militares de Morretes realizaram buscas e bloqueio na saída da cidade. Durante as operações de busca, a central 190 de Antonina recebeu a informação que três homens haviam abandonado um veículo Peugeot 308 preto nos fundos do hospital da cidade e teriam embarcado em um Ford Fiesta prata.
Policiais Militares à paisana avistaram um suspeito de participação no roubo num ponto de ônibus na saída da cidade com uma mochila nas costas conversando com o condutor de um Ford Fiesta Sedan prata. Como estava ocorrendo vistoria em todos os veículos que deixavam Antonina, o veículo foi abordado no trevo do km 4 da rodovia PR 408 e era conduzido por Lauro Aparecido de Oliveira Junior, 37 anos. Não demorou para Ney Fernando Pires da Silva, 28 anos, ser localizado no interior de um ônibus da linha Antonina-Paranaguá. Ao ser abordado e indagado, Ney imediatamente disse: “perdi, perdi, eu tava no assalto!”.
Na mochila que ele portava, foram encontradas duas pistolas, uma calibre 380 com dois carregadores e 26 munições intactas, e uma 9mm com um carregador e 15 munições intactas, além de máscaras e luvas cirúrgicas, dois celulares e o malote roubado com R$ 27.000,00, vinte e sete mil reais.
Lauro, que já conta com passagem por roubo e tráfico de drogas, negou a participação no assalto, mas não soube justificar o porquê conversou com Ney minutos antes da abordagem.
Ambos receberam voz de prisão e foram conduzidos à 7ª Delegacia Regional de Polícia Civil para os procedimentos legais.
Ney Fernando disse haver um indivíduo da cidade de Antonina que conseguiu fugir, e que ele seria o responsável pelas informações para o planejamento do roubo.
Posteriormente foi verificado que o veículo Peugeot preto utilizado no assalto foi roubado no dia 8 de março de 2016 em Curitiba e estava com placas clonadas.

Arquiteta apresenta projeto ousado para a Ponte de Guaratuba

Corte do croqui mostra pavimento superior para o trânsito de pessoas, carros e bicicletas e o pavimento inferior com um centro de lazer. |
Da Gazeta do Povo- A ideia de construir uma ponte ligando Guaratuba a Caiobá, reivindicada há mais de cinco décadas, ganha mais uma tentativa. A arquiteta Mirna Cortopassi Lobo, professora da Universidade Federal do Paraná, está desenvolvendo um projeto como alternativa para os 1 milhão de veículos que dependem do ferryboat para a travessia. Seria uma ponte de dois andares, apenas para veículos leves, com espaço para o trânsito de pessoas e bicicletas. O local preferido é onde hoje há as linhas de transmissão, que poderiam ser substituídas por cabeamento subaquático.
A ideia surgiu enquanto a arquiteta elaborava o plano-diretor para a cidade de Guaratuba, encomendado pela prefeitura. Ela identificou que um dos principais entraves do município é o acesso. Contudo, essa não é uma questão que possa ser resolvida pela administração municipal. Mirna decidiu, então, apresentar uma proposta para o governo estadual. Com a experiência de quem já esteve em muitos locais mundo afora, admirando obras arquitetônicas de referência, ela imaginou que uma ponte com dois pavimentos poderia ser a melhor solução.

Ela reconhece que o projeto em dois andares tornaria a obra mais cara – o valor ainda está sendo calculado –, mas alega que o fato de a estrutura ter mais do que a função de permitir a travessia de veículos seria justamente o ponto que poderia viabilizar o projeto. Um dos principais empecilhos para a construção da ponte – além da discussão sobre os impactos ambientais – é o custo do projeto em relação ao fluxo de veículos, concentrado nos meses de temporada de verão. Seria preciso, então, criar estratégias para que a ponte fosse usada em outros períodos do ano.
Para ser custeada somente pelo poder público, seria um dispêndio grande de dinheiro para que apenas um número reduzido de pessoas aproveitasse. Para ser feita pela iniciativa privada, o pedágio ficaria muito caro diante do número de pagantes. O modelo pretendido pelo governo estadual é uma parceria público-privada (PPP), em que parte da obra é bancada pelos cofres públicos e o restante vem de uma empresa que cobra um pedágio um pouco mais barato.
Pela proposta da arquiteta, o projeto ficaria mais caro, mas teria outras fontes de renda além da tarifa cobrada pela circulação. Mirna imaginou a locação ou venda dos 12 mil metros quadrados de espaços comerciais. Ela projetou o espaço para estacionamento de mais de 500 mil veículos em cada lado da ponte e calculou em vários milhões de reais o que seria arrecadado se cada um pagasse R$ 5 por hora.
Além disso, haveria espaço para uma marina. “É muito comum que barcos atraquem naquela região para ver o nascer e o pôr do sol”, comenta. O uso dos elevadores panorâmicos também seria cobrado. Mirna ainda acredita que circuitos de pesca amadora e de visitação arqueológica dos 107 sambaquis da região poderiam ser atrativos extras.

Resposta do governo estadual- O governo estadual informou que recebeu com muito interesse a proposta apresentada pela arquiteta e que está avaliando a viabilidade do projeto. Considerou que a ideia é realmente inovadora e ousada. Tanto as questões estruturais quanto financeiras, bem como os impactos econômicos, ambientais e o potencial aumento no fluxo de veículos estão em estudo.

Novo projeto

Seria uma estrutura estaiada, com dois pilares. Dois pontos estão sendo avaliados. O primeiro e preferido pela idealizadora teria 700 metros de vão. Mas ela também considera a ligação pelo mesmo trajeto do ferry boat, com 1,2 mil metros. A intenção da arquiteta é que não seja apenas um local de passagem. Seja um ponto turístico.
Extensão: 700 ou 1.200 metros


sábado, 26 de março de 2016

Aditivos em contrato levam à rejeição de contas de ex-prefeito de Pontal do Paraná

Resultado de imagem para RUDISNEY GIMENESTCE-PR - A prestação de contas do ex-prefeito de Pontal do Paraná, Rudisney Gimenes, no exercício de 2006, foi desaprovada pela Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR). A decisão, tomada na sessão de 1º de março, foi embasa em prorrogações irregulares de contrato de prestação de serviços de escritório de advocacia.
O relator do processo, conselheiro Ivens Linhares, entendeu que as prorrogações do Contrato nº 1205/2005 ofenderam os artigos 23, II, "a" e §5º e 57, II, da Lei de Licitações (Lei 8666/93). No entendimento da Diretoria de Contas Municipais (DCM), o objeto do contrato poderia ter sido executado pelos servidores municipais.
Acatando a instrução da unidade técnica e, parcialmente, o parecer do Ministério Público de Contas (MPC), o relator aplicou multa ao gestor (art. 87, IV, "g", da Lei Orgânica deste Tribunal), no valor de R$ 1.450,98, pela irregularidade das contas. Linhares também ressalvou seis itens da prestação de contas, entre eles a falta de detalhamento do Plano Plurianual, a falta de projeção das receitas no quadriênio 2006/2009 e o excesso de dispositivos para alteração do orçamento.
O ex-gestor poderá recorrer da decisão.  Os prazos passaram a contar a partir de 8 de março, data da publicação do Acórdão 38/16 - Primeira Câmara, na edição nº 1.313, do Diário Eletrônico do TCE, disponível no site www.tce.pr.gov.br.

quinta-feira, 24 de março de 2016

Também acontecerá a Via Sacra em Pontal do Paraná

Acontecerá no Balneário de Ipanema no próximo dia 25 de março, a já tradicional encenação Paixão de Cristo - Via Sacra.
O evento que tem o apoio da Prefeitura de Pontal do Paraná é realizado no Município há 21 anos por um grupo de voluntários, e envolve toda a comunidade local.
Participam do espetáculo diversos atores figurantes, que também fazem de maneira voluntária. A encenação, considerada pelos os católicos um momento de reflexão, lembra os últimos momentos da vida de Jesus Cristo.
A procissão começará por volta das 19h, em frente à igreja de Ipanema, e percorrerá várias ruas do balneário. Durante o percurso, é possível encontrar algumas casas enfeitadas para receber “Jesus”, durante as paradas.
Este ano o final da encenação será ainda mais especial, pois será feita uma menção a fundadora do espetáculo Leonilda Margot Ferreira, conhecida como Margô, que faleceu no início deste ano.

Mais de 30 mil pessoas são esperadas na Paixão de Cristo em Paranaguá

Em Paranaguá acontece, anualmente, a montagem cênica do espetáculo "Paixão de Cristo", considerada como o maior espetáculo fazendo parte do calendário oficial de eventos.
Com recursos da Fundação Municipal de Cultura (Fumcul) da Prefeitura de Paranaguá, a encenação da Paixão de Cristo ocorrerá no próximo dia 25, a partir das 20h, na Praça 29 de Julho com uma expectativa de público com mais de 30 mil pessoas.

Este é um espetáculo que atravessou milhares de gerações na história cristã, e também marcando a história do teatro. "O objetivo é transmitir mensagens de paz, fraternidade, amor, tocando o coração do público e mostrando a importância da transmissão de tal história para as próximas gerações", destacou o diretor geral, Irajá Santos.Cinco palcos estarão dispostos em oito carretas cedidas pelo Sindicato dos Condutores de Veículos Rodoviários e Anexos (SINDICAP) para realizar a cidade cenográfica. Mais de 150 pessoas entre equipe técnica, atores e figurantes estão envolvidos.

Foram realizados vários ensaios desde o início de março e preparação para o grande dia que envolverá, inclusive, o fechamento de algumas ruas para organizar o trânsito na região do centro histórico.
E são vários os órgãos envolvidos para a realização deste grande evento iniciando pela Fundação de Cultura, Fundação Municipal de Turismo, Mitra Diocesana de Paranaguá, Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, secretaria de Meio Ambiente, Segurança, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e imprensa local.
"Queremos agradecer o empenho de todos, pois é com a parceria da Prefeitura e dos segmentos envolvidos como o Sindicato que conseguiremos fazer este grande evento", destacou a presidente da Fumcul, Maria Angélica Leomil.

quarta-feira, 16 de março de 2016

Site de viagens internacionais coloca Ilha do Mel como um dos locais mais incríveis do Brasil

Na última semana, o site “Guia do Nômade Digital”, site brasileiro voltado ao turismo nômade em todo o mundo, em um de seus podcasts divulgou a Ilha do Mel, ponto turístico de Paranaguá, como um dos locais mais incríveis do Brasil para os turistas visitarem. O podcast, que é um programa de rádio voltado à reprodução na internet, é apresentado pelos proprietários do site Jade Marcos e Maurílio Schmitt.

O “Guia do Nômade Digital”, além de visitar locais no Brasil, já esteve na Alemanha, Austrália, Estados Unidos, França, Holanda, Inglaterra, Itália, Portugal, Tailândia, entre outros pontos do mundo, totalizando mais de 20 países visitados. Segundo os coordenadores do site, a Ilha do Mel, em Paranaguá, por ser tão especial, foi escolhida como a primeira viagem entre locais brasileiros a ser divulgada no programa “Papo Viagem Podcast”.

“A Ilha do Mel é uma área de preservação no litoral do Paraná, conhecida por sua vocação para o turismo de aventura e natureza”, ressaltam os organizadores do site. Segundo eles, outra característica do ponto turístico parnanguara é o rico patrimônio histórico e cultural que é vivenciado no contexto insulano.

O local pertence ao município de Paranaguá, sendo a ilha administrada pela Prefeitura de Paranaguá, bem como pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP) do Governo do Estado. A área é marcada por seu rico ecossistema, sendo parte do Parque Estadual da Ilha do Mel, um dos principais pontos turísticos do Paraná e do Brasil.

O número de visitantes é limitado pelo IAP a cinco mil pessoas ao dia no local, por ser reserva natural, sendo que durante a última temporada a ilha recebeu mais de 53 mil visitantes, segundo balanço do Governo do Estado.


Quem quiser ouvir o podcast feito pelo site “Guia do Nômade Digital” pode acessar o link abaixo:
www.guiadonomadedigital.com/2016/01/episodio-009-ilha-do-mel-papo-viagem-podcast/

Prefeitura divulga que não haverá concurso em Pontal do Paraná

O Pontal Notícias, divulgou nesta terça(15), que o Portal Aprova Concursos havia feito uma matéria explicando que iria acontecer um concurso com abertura de propostas no dia 4 de abril.
Mas a Prefeitura Municipal de Pontal do Paraná divulgou uma nota em sua pagina em uma rede social que a matéria em questão publicada pelo site Aprova Concursos não é verdadeira. Também não estará previsto um novo concurso, conforme o calendário eleitoral. A prefeitura também destacou que o último concurso, realizado em 2015, ainda está em vigor.

sexta-feira, 11 de março de 2016

Veículo é recuperado na região de Praia de Leste

Em patrulhamento preventivo realizado no Jardim Jacarandá e Canadá, próximo à Praia de Leste, a Guarda Municipal localizou um veículo Parati abandonado em via pública.
Em consulta ao sistema o veiculo constava como situação legal e sem registro de furto. Entretanto diante das suspeitas da Guarnição da Guarda Municipal,  iniciou-se a procura do proprietário do  e constatou-se que o furto tinha sido realizado horas antes e ainda sequer havia sido registrado boletim de ocorrência. Após procedimentos legais o veículo foi devolvido ao proprietário.

quarta-feira, 9 de março de 2016

Novo boletim de casos de dengue e Zika vírus em Paranaguá é divulgado

Nesta terça-feira (08), a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) divulgou o novo boletim de casos de dengue, Zika vírus e chikungunya em todo o Paraná, entre eles o município de Paranaguá. De acordo com os dados divulgados, 2.224 casos autóctones de dengue foram confirmados no município. Ao todo, 12 óbitos foram registrados em decorrência da doença. Foram descartados 1.059 supostos casos de dengue no período.

Segundo o relatório oficial, foram registrados oito casos de Zika vírus no município, mesmo número divulgado na última semana, demonstrando uma estagnação da doença em Paranaguá. Nenhum caso autóctone de chikungunya foi registrado no município. Os dados fazem parte do informe técnico número 14 divulgado pela Sesa.

sábado, 5 de março de 2016

Pontal do Paraná abre cursos pelo Departamento de Cultura

O departamento de Cultura da Secretaria Municipal de Desenvolvimento de Pontal do Paraná está com vagas abertas para diversos cursos.  Maiores informações podem ser obtidas pelo telefone: (41) 3975-3102, ou diretamente no Departamento de Cultura, na sede da Prefeitura de Pontal do Paraná, na Rodovia PR 407, km 19, número 215, em Praia de Leste.

Paranaguá terá recuperação de 16 km de asfalto

Nesta semana, o Conselho Técnico do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) aprovou projetos executados pela Unidade de Gerenciamento de Projetos (UGP) da Prefeitura de Paranaguá, para dar início ao processo de licitação e contratação de serviços na recuperação de ruas de nove bairros do município. Além da revitalização asfáltica, serão feitas ciclovias, calçadas, sinalização em um trecho de mais de 16 km em Paranaguá.

As obras de revitalização viária beneficiarão cidadãos das localidades da Vila Garcia, Jardim Paranaguá, Parque Agari, Vila dos Comerciários, Nilson Neves, Jardim Guaraituba, Parque São João, Vila São Vicente e Vila Guarani.
A previsão do início das obras é para junho deste ano, com valor ainda a ser apurado após a licitação ser finalizada. Segundo Renan Filipe Amates, coordenador da UGP, o processo de licitação e contratação de serviços em um trecho de 16.711 metros, com área de aproximadamente 142.700 metros quadrados, que envolve recuperação de vias de transporte coletivo em Concreto Asfáltico Usinado a Quente (CAUQ), calçadas e passeios em concreto alisado, 557 metros quadrados de ciclovia, bem como sinalizações viárias horizontal e vertical.

AVENIDA BELMIRO SEBASTIÃO MARQUES

Em fevereiro, a Prefeitura começou a realizar a revitalização da Avenida Belmiro Sebastião Marques, com um recurso de cerca de R$ 7,4 milhões do BID. A verba possibilitará melhorias no trecho de 4,2 km da via como calçadas, colocação de pontos de ônibus, drenagem, acessibilidade, iluminação, nova pavimentação com asfalto à quente, recuperação da pavimentação já existente, ciclovia e sinalização. Com a melhoria serão beneficiados em torno de 40 mil moradores dos bairros do Parque São João, Vila Divinéia, Jardim Yamaguchi, Jardim Jacarandá, Vila dos Comerciários, Porto Seguro e Jardim Paraná.

terça-feira, 1 de março de 2016

Festividades marcam 471 anos de Guaraqueçaba

Pm Guaraqueçaba
De 11 a 13 de março, acontecerá as festividades dos 471 anos de Guaraqueçaba. Shows Nacionais, atividades culturais, exposições e outros eventos na Praça  Willian Michaud.

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Novo Porto de Pontal do Paraná deve receber R$ 8 bi após decreto da poligonal

 
A publicação, na última semana, do decreto da União revisando os locais em que empresas portuárias podem se instalar no Estado, deve impulsionar R$ 8 bilhões em investimentos privados em Pontal do Paraná. A estimativa é dos administradores do futuro porto, que aguardam a instalação em áreas próximas de uma empresa de exploração da camada pré-sal, uma usina termoelétrica e três terminais privados.
O diretor do Porto de Pontal, Ricardo Bueno Salcedo, explica que o funcionamento da área de contêineres em Pontal do Paraná já estava garantido e nem dependia da revisão publicada. A nova poligonal, no entanto, é que permitirá a instalação dos novos negócios. “Havia uma restrição por causa de uma poligonal fictícia, de uma lei antiga”, diz.
A nova lei do portos foi sancionada em 2014 e o Paraná foi um dos últimos Estados a aplicá-la —atraso fruto de ações judiciais e audiências públicas promovidas. O diretor do Porto Pontal elogia as novas regras, que agora entrarão efetivamente em vigor. “É uma lei moderna que vai levar para o pais para o desenvolvimento.
Os projetos de logística são de longa maturação, entre dois e quatro anos, ao menos, e agora estão saindo da gaveta”, diz.
Áreas delimitadas
A nova poligonal diferencia as áreas que poderão ser usados para construção de terminais privados daquelas que permanecem públicas – caso dos portos de Paranaguá e de Antonina.
Nas áreas privadas as licenças ambientais serão através do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente) O diretor-presidente da Appa (Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina), Luiz Henrique Dividino, conta que para as áreas privadas há interesses de empresas do setor de estaleiro naval, complexo offshore. Já nas áreas públicas há previsão de 6 novos arrendamentos em agosto. Serão 4 terminais graneleiros, um de carga geral e um de veículos. Os investimentos somam R$ 1,6 bilhões.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Programa Agentes de Leitura começa dia 22 em Paranaguá

O programa Agentes de Leitura do Paraná, que tem como objetivo facilitar o acesso ao livro e incentivar a leitura entre crianças e adolescentes. Os agentes vão atuar nas quatro cidades do Paraná escolhidas para receber o projeto e Paranaguá é a única cidade do Paraná a receber o projeto da Secretaria de Estado da Cultura, em parceria com a Fundação Municipal de Cultura.

Os agentes deverão atender crianças e adolescentes, semanalmente, em bibliotecas públicas municipais e em outros espaços públicos como Cras (Centros de Referência de Assistência Social), Creas (Centros de Referência Especializado de Assistência Social), Associação de Moradores e Bibliotecas Comunitárias. A programação é definida pelos agentes articuladores, que atuam como supervisores do projeto.

Nesses espaços serão realizadas atividades como rodas de leitura, contação de histórias, oficinas de leitura e poesia, mediação de leitura, entre outras. Cada município recebe um acervo de mil livros, que serão utilizados nos atendimentos feitos pelos agentes. Ao término do projeto, os livros serão doados aos municípios que sediaram as ações.

A abertura do projeto em Paranaguá acontecerá na próxima segunda-feira, dia 22, a partir das 8h30, na Biblioteca Mário Lobo.
"Temos realizado parceria para a realização de muitos projetos atendendo às determinações do prefeito Edison Kersten no que tange a incentivar os vários setores da cultura em Paranaguá", disse a presidente da Fundação Municipal de Cultura, Maria Angélica Lobo Leomil.

REQUISITOS
Estarão participando jovens a partir de 18 anos de idade, que estão cursando ensino superior nas áreas de Ciências Humanas, Ciências Sociais Aplicadas e Linguística, Letras ou Artes. O projeto Agentes de Leitura do Paraná é uma realização da Secretaria de Estado da Cultura e da Biblioteca Pública do Paraná em parceria com a Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social (Programa Família Paranaense) e com a Fundação Municipal de Cultura da Prefeitura de Paranaguá e apoio do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedca). Os recursos são provenientes do Fundo para a Infância e Adolescência do Paraná (FIA).

sábado, 13 de fevereiro de 2016

Policia intercepta droga em Antonina

A Polícia Militar recebeu denúncia que três indivíduos teriam saído de Antonina em um veículo VW Gol de cor branca para buscar drogas em Quatro Barras, região metropolitana de Curitiba, para ser comercializada na cidade. A denúncia ainda informava que um menor estaria entre os ocupantes do veículo, justamente para que assumisse a responsabilidade em caso de abordagem policial.
Foi então organizado o monitoramento dos veículos que chegavam à cidade nas proximidades do Km 4 da rodovia que dá acesso a Antonina quando por volta das 21h a equipe de Inteligência da 3ª Companhia Policial Militar visualizou um veículo com as características da denúncia. Foi realizado acompanhamento à distância e equipes do policiamento ostensivo realizaram a abordagem ao veículo suspeito que tentou evadir-se e Policiais Militares avistaram um objeto de volume considerável ser jogado pela janela do passageiro, parando alguns metros à frente.
Realizada a abordagem policial ao VW Gol de cor branca, placas JNK 4124 de Ponta Grossa, e identificados Marcos Valério Duarte, 31 anos, Gabriel Costa Dias, 19 anos, e um adolescente de 16 anos. Ao verificarem o objeto jogado de veículo, Policiais Militares localizaram uma sacola plástica com vários tipos de drogas, que após verificação foram contabilizados 155 gramas de maconha, 40 gramas de cocaína e 100 gramas de crack.
Perguntados sobre a procedência das drogas, o menor disse ter jogado pela janela do carro e Gabriel, proprietário do veículo, disse que Marcos e o adolescente haviam solicitado uma carona que seria paga com R$ 60,00 para o combustível com mais 50 gramas de maconha, pois Gabriel disse ser usuário do entorpecente. Marcos por sua vez optou em manter-se calado.
Foi dada voz de prisão para Marcos e Gabriel e apreensão ao adolescente, sendo todos conduzidos à 7ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Antonina para procedimentos cabíveis.

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Números dos casos de dengue no litoral

O Paraná confirmou nesta quarta-feira (10) que 25 pessoas foram contaminadas com o zika vírus no estado e também que houve aumento de 40% nos casos de dengue

 De acordo com o novo boletim divulgado pela Secretaria do Estado de Saúde (Sesa), 11 casos do zika vírus são importados – ou seja, o paciente viajou para alguma região onde adquiriu a doença – e três pessoas foram contaminadas no próprios municípios. Dois casos são de Colorado, na Região Noroeste do estado, e um de Londrina, no norte do Paraná. Além desses, outros 11 casos ainda estão sob investigação que determinará a origem da doença.

Segundo a SESA, este é o número dos casos no litoral paranaense

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Litoral registra 14 mil casos com água-viva na temporada

Gazeta do Povo: Marcada pelas temperaturas elevadas e pelo tempo instável e chuvoso, a temporada de verão 2015/2016 se aproxima do fim com um outro número impressionante: faltando ainda dez dias para o encerramento da Operação Verão, o Corpo de Bombeiros já registrou 14.028 casos de queimaduras por águas-vivas no Litoral do Paraná. O número é 82,3% superior ao número de casos do verão passado.
A maioria das queimaduras ocorreu na praia de Matinhos, onde ocorreram mais de seis mil casos; Pontal do Paraná também teve um número elevado de veranistas queimados, 5,2 mil. Para se ter uma ideia, o verão de 2014/2015 teve o total de casos foi de 2,4 mil, inferior aos incidentes registrados somente em Guaratuba nessa temporada (2,5 mil).

Para a professora do departamento de zoologia da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Maria Angélica Haddad, não há certeza sobre as causas dos surtos de incidência de águas-vivas no Litoral paranaense. “O clima nesse verão está muito atípico e as chuvas e ventos causados pelo fenômeno climático El Niño pode ter contribuído para aumentar os surtos periódicos. Mas não há uma única razão para o aparecimento dos animais”, explica.

Afogamentos

De acordo com relatório do Corpo de Bombeiros, entre os dias 23 de dezembro de 2015, quando iniciou a Operação Verão, até essa quarta-feira (10), foram registrados 893 afogamentos, oito dos quais resultaram em óbitos – três a mais do que os ocorridos durante a temporada de 2014-2015.
A morte por afogamento mais recente aconteceu na noite de terça-feira (9), na região da Prainha, no município de Guaratuba. A vítima, um homem de 74 anos, chegou a ser retirado da água pela filha em estado grave, com parada cardiorrespiratória, mas não resistiu e morreu no hospital.
Em 55 dias de Operação Verão, os policiais atuantes no Litoral realizaram ainda 34 mil advertências e auxiliaram 474 casos de crianças perdidas. Segundo a Casa Militar, a operação especial no Litoral envolveu o reforço de 500 bombeiros, 280 policiais militares e 30 policiais civis.

sábado, 6 de fevereiro de 2016

Epidemia de dengue impacta carnaval no Litoral do Paraná

Da Gazeta do Povo: O carnaval no Litoral do Paraná já sofreu impactos por causa do mosquito Aedes aegypti neste ano. Em Paranaguá, as festas foram suspensas por causa da epidemia de dengue e o público esperado na cidade portuária deve ser distribuído por outras cidades da região.
O carnaval no Litoral do Paraná já sofreu impactos por causa do mosquito
Em Matinhos, por exemplo, a prefeitura espera mais de 500 mil pessoas para o carnaval da cidade. Em Pontal do Paraná, a estimativa é de 150 mil foliões, 30 mil a mais do que o normal, segundo a administração municipal. Já em Guaratuba, a expectativa é reunir 750 mil foliões entre a sexta e a Quarta-Feira de Cinzas.
Paranaguá é a única cidade do Litoral do Paraná que enfrenta uma epidemia de dengue. De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), o município já registrou quatro mortes por dengue desde agosto de 2015. Foram notificados 2,9 mil casos, dos quais 956 foram confirmados, segundo o relatório da Sesa. A cidade também enfrenta problemas o chikungunya. Até agora foram dois casos confirmados e duas notificações.
Também houve notificações de chikungunya em outras cidades do Litoral: Guaratuba (1) e Pontal do Paraná (9). Pontal também já registrou uma notificação de zika vírus.
Publicidade
</div> <div id='passback-wba12cff41f'></div>

Alerta:Há casos notificados e até confirmados em outras cidades litorâneas. Em Antonina, por exemplo, foram 23 notificações e cinco casos confirmados desde agosto de 2015. A prefeitura chegou a suspender o carnaval, mas voltou atrás depois que a Sesa garantiu que não há risco de epidemia na cidade por enquanto. Para que seja considerada situação epidêmica, é preciso a confirmação de mais de 300 casos a cada 100 mil habitantes.
As cidades de Guaraqueçaba, Guaratuba, Morretes e Pontal do Paraná também têm casos confirmados. Em Matinhos, há 19 notificações, mas até agora nenhuma confirmação.

Prevenção: Para chamar a atenção para a prevenção ao mosquito Aedes aegypti, que transmite a dengue, zika e chikungunya, o governo do estado vai promover neste sábado (6) uma mobilização em todo o Paraná. A proposta da “Hora H”, que ocorre às 10 horas, é convocar a população para vistoriar suas casas e comércios e eliminar todo recipiente que possa acumular água e se tornar um criadouro do mosquito.
De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, mais de 90% dos criadouros encontrados pelas equipes de saúde no Paraná estão dentro de residências e quintais. O principal vilão é o lixo, mas todo objeto ou local que possa acumular água precisa ser verificado e eliminado.
Muitos focos do mosquito são identificados em locais de pouca visibilidade, como em pontos ocos de árvores, ralos, reservatórios de água de geladeiras e calhas, por exemplo.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Foragido é preso em Pontal do Sul após fugir da abordagem e resistir à prisão

Um homem com mandado de prisão em aberto foi conduzido à delegacia na noite desta quinta-feira (04/02) após fugir da abordagem policial e resistir à prisão.
Os policiais militares estavam em patrulhamento pelo Bairro Mangue Seco, em Pontal. por volta das 20h10, quando avistaram uma pessoa em atitude suspeita e efetuaram a abordagem. O homem passou sua identificação, porém os dados não coincidiam. O suspeito se prontificou a entrar na residência para pegar seus documentos, momento em que correu e fugiu pulando muros de moradias próximas.

Em seguida os policiais encontraram o homem escondido embaixo da cama de uma outra casa. Ele tentou resistir à prisão, mas foi conduzido à Delegacia da Polícia Civil onde foi constatado que possuía um mandado de prisão em aberto.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Programação de Carnaval em Pontal do Paraná

http://www.pontaldoparana.pr.gov.br/portalnovo/images/pontalmaiscarnaval.jpg
CARNAVAL
4/2/2016 – Quinta-feira
Abertura Oficial
Apresentação do Bloco Bunda Leste
Local: Calçadão de Praia de Leste - 21h

CARNAVAL ELETRÔNICO 
07/02 Domingo
Inicio às 16h00
Ao lado do Colégio Paulo Freire

TRIOS ELÉTRICOS
5 a 9/2/2016 – Sexta-feira a Terça-feira
Balneário Praia de Leste - Calçadão
Balneário Santa Terezinha - Calçadão
Balneário Ipanema - Praça Central
Horário de funcionamento do som das 20h às 2h

ESTRUTURA COBERTA
5 a 9/2/2016 – Sexta-feira a Terça-feira
Balneário Shangri-lá – Praça Central
Horário de funcionamento do som das 20h às 2h

MATINÊS

6 a 8/2/2016 – Sábado, Domingo e Segunda-feira
Balneário Shangri-lá - Praça Central – espaço coberto
Horário 16h
                                  
DESFILE DE BLOCOS

* Bloco Fusca Rosa
Data: 6 de Fevereiro de 2016
Local: Praia de Leste
Horário: 15h

* Bloco É Festa e Owh
Data: 6 de Fevereiro de 2016
Local: Shangri-lá
Horário: 18h30

* Bloco Bunda Leste
Data: 7 de Fevereiro de 2016
Local: Praia de Leste
Horário: 14h

* Bloco da Esquina
Data: 7 de Fevereiro de 2016
Local: Pontal do Sul
Horário: 17h

* Bloco Bola de Neve
Data: 8 de Fevereiro de 2016
Local: Ipanema
Horário: 15h

* Bloco da Esquina
Data: 8 de Fevereiro de 2016
Local: Pontal do Sul
Horário: 17h

Ação Integrada de Fiscalização Urbana é realizada em Paranaguá

A Prefeitura de Paranaguá, por intermédio dos órgãos de fiscalização municipal, com apoio da Guarda Civil Municipal, e órgãos de segurança pública do Estado, realizaram uma Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) em diversos locais da cidade.

Na noite de sábado, dia 30, por volta das 21h, as ruas de Paranaguá ficaram movimentadas com um comboio policial, para realização da AIFU. De acordo com os responsáveis pela ação, um efetivo de aproximadamente 35 agentes públicos e 15 viaturas, entre carros e motos, participou da fiscalização em mais de 20 estabelecimentos comerciais (bares e lanchonetes) da cidade.

Durante a operação 101 pessoas foram abordadas pela Polícia Militar com o apoio da Guarda Civil Municipal e Polícia Civil, sendo uma presa por posse de drogas.

Participaram da ação integrada as Secretarias Municipais de: Segurança, Saúde, Fazenda, Urbanismo, Serviços Urbanos, Governo, em conjunto com a Guarda Civil Municipal, Polícia Civil, Polícia Militar, Juizado da Infância e da Juventude, e o Conselho Tutelar. Fiscais da Secretaria Municipal de Urbanismo notificaram 6 e autuaram 2 estabelecimentos comerciais que estavam funcionando de forma irregular.

Vale salientar que durante a ação integrada, equipes da ROMU (Guarda Civil Municipal) e a ROTAM (Polícia Militar) deram apoio a uma da equipe da Guarda Civil Municipal que havia acabado de efetuar a prisão de dois homens acusados de praticar assalto contra um posto de combustíveis no Jardim América.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Torre da RPC foi alvo de vandalismo em Pontal do Paraná

Na madrugada desta terça(26), a Torre da RPC, filiada à Rede Globo no Paraná, localizada entre os Balneários de Shangri-lá, e Carmery, em Pontal, foi alvo de vandalismo. Nossa equipe passou no local na noite desta terça e não foi visualizou a torre, que tinha uma altura de aproximadamente 30 metros. De acordo com informações, vândalos retiraram um dos cabos de aço da torre, ocasionando a queda.A equipe de engenharia de RPC está na cidade para retirar a torre e trocar por outra mais moderna, assim restabelecendo o sinal em Pontal.

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Casal de irmãos morre afogado em cachoeira de Morretes

Da Gazeta do Povo: Um casal de irmãos morreu afogado em uma cachoeira na região de Salto Fortuna, em Morretes. Segundo o Corpo de Bombeiros, a ocorrência foi final da tarde de sábado (16).
De acordo com a Polícia Militar (PM), o corpo da jovem de 22 anos foi localizado durante as buscas ainda no sábado, mas elas tiveram que ser suspensas devido à escuridão e à forte correnteza que se formou no local ao anoitecer. O corpo do irmão dela, de 25 anos, foi localizado no dia seguinte, por volta das 10h15.

Porta-voz do Corpo de Bombeiros no Litoral, o capitão Fernando Tratch relatou que o jovem entrou no lago da cachoeira para tentar atravessá-lo de uma margem à outra. Próximo à metade do percurso, ele não conseguiu mais nadar e começou a se debater na água. A irmã dele, que não sabia nadar, se jogou no lago para tentar socorrer o jovem, mas também se afogou.
O capitão explicou que o ponto mais profundo do lago tem aproximadamente oito metros, e que o local é de difícil acesso. Entre o estacionamento dos veículos e a cachoeira, é preciso percorrer um caminho por aproximadamente vinte minutos.
“É uma cachoeira mais retirada, mas é um local que muita gente frequenta”, alertou o capitão. Ainda segundo o porta-voz, o corpo do irmão, que foi encontrado somente no domingo de manhã, ficou preso próximo à cachoeira.
De acordo com o subcomandante do 8º Grupamento do Corpo de Bombeiros (Litoral), major Edson Oliveira Avila, a remoção do corpo do rapaz teve de ser feita com a ajuda do Batalhão Policial Militar de Operações Aéreas (BPMOA) . Ambos os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Paranaguá.
“Nesta época, além das praias, é comum que as pessoas procurem locais como rios, cachoeiras, lagos e represas para momentos de lazer e diversão, mas é importante que tenham sempre em mente a percepção do risco que estes locais oferecem naturalmente, e, justamente por conta disso, adotem medidas de prevenção”, orientou o oficial, em declarações à assessoria de imprensa da PM.
Ele ressaltou ainda alguns cuidados que devem ser tomados pelos banhistas em cachoeiras e rios: reconhecer o local (profundidade, correnteza, existência de pedras etc); não superestimar a própria capacidade física; não saltar de pedras; não ingerir bebidas alcoólicas; manter atenção constante nas crianças, entre outras.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Assalto em Canoas

Um homem foi assaltado na madrugada desta segunda(18) na orla do Balneário Canoas. Dois bandidos de bicicleta furtaram o celular e um relógio da vítima. A Polícia está fazendo diligencias em perseguição aos bandidos.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Dinheiro desaparece em Caminhão em Praia de Leste

Mais uma ocorrência envolvendo furto em Praia de Leste na tarde desta sexta(15). Uma vitima contatou a Polícia comunicando que cerca de R$ 3 mil reais desapareceram do seu caminhão enquanto a vítima estava almoçando em um restaurante. Foram capturadas imagens de câmeras de vigilância e agora a Polícia investiga o caso.

5° Boletim de Balneabilidade do Litoral

Divulgado nesta sexta-feira (15) pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP), o 5º Boletim de Balneabilidade da temporada 2015/2016 revelou que apenas três pontos, dos 63 monitorados em todo o estado, estão impróprios para banho. Os demais locais analisados pelo IAP apresentaram bons índices de balneabilidade e podem ser aproveitados pelos banhistas.

Dos 47 locais avaliados pelo IAP no Litoral, os únicos locais não recomendados aos veranistas são: a Ponta da Pita, em Antonina, e o Rio Nhundiaquara, na altura do largo Lamenha Lins, em Morretes. Esses locais se apresentam como impróprios para banho desde o início do verão.